Cartão de crédito x boleto: o que é melhor em agências de marketing?

Cartão de crédito X boleto: o que é melhor em agências de marketing?

O gestor financeiro de uma agência de marketing e comunicação precisa garantir que todas as cobranças sejam geradas no momento certo, e no valor exato. 

Além da gestão dos pagamentos recorrentes como mensalidades, assinaturas ou contratos, uma agência também precisa lidar corretamente com a cobrança de jobs eventuais contratados por novos e antigos clientes. 

Mas, seja qual for o caso, você, gestor, não quer ter um processo de faturamento equivocado, que coloque em risco a relação de confiança com o seu cliente. 

Além de garantir que a personalização dos critérios de cobrança ocorra livre de falhas, uma agência de marketing e comunicação não deve ter preocupações quanto à emissão de boletos e performance das cobranças no cartão de crédito. 

E, neste quesito, temos uma dica que vale ouro: você não precisa organizar um time financeiro inchado, com pessoas dedicadas à tarefas como emissão de boletos, notas fiscais, e fazendo a conciliação de pagamentos de forma manual.

Usar um sistema de gestão de assinaturas e pagamentos recorrentes é fundamental para o bom andamento do fluxo de trabalho, pois é ele quem irá automatizar a geração periódica das cobranças nas modalidades de pagamento com boleto bancário ou cartão de crédito.

Como sustentar o crescimento dos negócios de uma agência de marketing? 

Uma agência de marketing e comunicação, muitas vezes, começa com uma operação pequena, lidando com a gestão de poucos contratos. Contudo, com o passar do tempo, o tamanho da carteira de clientes ganha volume. As mensalidades recorrentes e os jobs eventuais começam a tornar a gestão das atividades do time financeiro mais desafiadoras.

O que todo gestor financeiro um dia descobre é que a solução que funcionava para uma operação de determinada proporção, vira uma grande dor de cabeça quando o número de cobranças aumenta

Organizar os processos burocráticos em planilhas passa a receber um adicional de complexidade, conforme os negócios da agência crescem. Se perder em meio a tudo isso pode instalar uma situação de caos. 

A eficiência financeira de uma agência de comunicação e marketing, além de sustentar a fluência dos contratos atuais, também contribui para a boa reputação da imagem organizacional. E, sem dúvidas, esta é uma peça-chave para gerar e atrair, cada vez mais, novos negócios.  

Portanto, automatizar as operações do seu time financeiro é fundamental. Esqueça as tarefas manuais que expõem sua empresa ao erro de cobranças que irritam o seu cliente.

Além disso, um gestor precisa contar com um sistema que torne a gestão de contratos mais eficiente: garantindo a migração de planos e ajustando corretamente o pagamento. Você deve gerenciar facilmente as contratações, renovações, reajustes, upgrades, downgrades, itens adicionais e avulsos

Se sua agência de marketing e comunicação cresceu e você está em busca de um sistema de gestão de assinaturas e pagamentos recorrentes, você precisa conferir esse roteiro direto ao ponto que preparamos. 

Nele, você vai saber o que você precisa considerar ao escolher uma plataforma de pagamento recorrente. 

→Quer ir mais além e entender quais funcionalidades irão lhe ajudar a escalar o futuro financeiro de sua agência? Acesse o e-book “como escolher o seu software de gestão de assinaturas”. 


Nova call to action

Gestão de pagamentos recorrentes em uma agência: vale mais a pena boleto ou cartão de crédito?

Existem três formas utilizadas para a cobrança recorrente hoje no Brasil: boleto bancário, cartão de crédito e débito automático. Mas, sem dúvida, as duas primeiras, ocupam um lugar de maior importância no cenário das agências de comunicação e marketing. 

Afinal, o boleto bancário e o cartão de crédito são meios de pagamento muito utilizados por pequenas e médias empresas. 

Mas, dentre essas modalidades, existe alguma que valha mais a pena? Qual delas funciona melhor para o perfil de negócio e de público das agências de comunicação e marketing?

O fato é que não existe uma única fórmula capaz de funcionar bem em todos os casos. Sua agência, provavelmente, trabalha com um sistema híbrido de modalidades de pagamentos. 

Por isso, o seu sistema de gestão de assinaturas e pagamento recorrente deverá lhe entregar a melhor performance em qualquer cenário:

  • Boleto bancário;
  • Cartão de crédito;
  • Débito automático.

E para não haver falhas e garantir que todos os processos irão rodar de forma eficiente, o mais indicado é levar em conta alguns aspectos mais relevantes sobre cada uma dessas modalidades. 

Veja alguns pontos mais importantes:

Como uma agência de marketing pode fazer a melhor gestão de cobranças no boleto bancário?

O boleto bancário é uma das mais conhecidas e utilizadas modalidades, principalmente, no mercado B2B e entre as empresas que trabalham com tickets médios mais elevados. Esse meio funciona muito bem, principalmente, para contratos com vigência anual que, por natureza, acumulam montantes mais expressivos.

No meio corporativo esse método de cobrança é o preferido, pois nem todas as empresas trabalham com cartão de crédito. Já as que possuem cartão, muitas vezes, precisam lidar com burocracias para a aprovação do lançamento de despesas.

Se sua empresa trabalha com boleto bancário, o seu sistema de gestão de assinaturas e pagamento recorrente deve ser capaz de reduzir a inadimplência com a programação de uma boa régua de cobrança

→Veja também quais são os 7 passos para reduzir a inadimplência em agências de marketing.

Mas, não é apenas isso. Contar com uma régua de cobrança permite que sejam criadas ações para prevenir o atraso de pagamentos e, também, que as faturas sejam cobradas no momento certo.

Esse planejamento, além de favorecer o fluxo de caixa, também mantém sua agência sempre em contato com o cliente. 

Outra questão é a automatização da conciliação de cobranças. Você não pode abrir mão dessa funcionalidade, ainda mais agora com o fim do boleto sem registro, que obriga o envio de arquivos de remessa aos bancos.

Seu sistema de gestão de assinaturas e pagamento recorrente deve fazer isso por você, integrando essa operação com empresas de pagamento, livrando sua equipe de processos manuais.

Outro aspecto relevante com relação ao fim do boleto sem registro é que os bancos cobram taxas para a emissão do boleto nas transações de registro, liquidação, baixa e manutenção do título e para a alteração de dados.

Entretanto, existem alternativas que possibilitam o pagamento apenas no momento da liquidação do boleto. Uma delas é usar um facilitador totalmente integrado ao seu sistema de gestão de assinaturas e pagamento recorrente

Como uma agência de marketing pode fazer a melhor gestão de cobranças no cartão de crédito?

O cartão de crédito tem ganhado cada vez mais espaço nos negócios gerados entre as empresas. É por este motivo que sua agência deve garantir eficiência na performance das cobranças

Afinal, uma das grandes preocupações das empresas que usam o cartão de crédito como modalidade de pagamento é ter de lidar constantemente com as falhas.

O seu sistema de gestão de assinaturas e pagamento recorrente deve fazer automaticamente a retentativa de cobrança quando ocorrer uma falha temporária ou permanente. E, neste último caso, o seu sistema deve oferecer uma nova forma de pagamento substituta ao cliente. 

Também é fundamental para um gestor acompanhar o quanto as taxas de falhas e sucesso representam em valores financeiros, para que seja possível tomar uma ação imediata. 

Outro ponto importante é que o seu sistema de gestão de assinaturas deve estar integrado a gateways ou facilitadores de pagamento que trabalhem com cartão de crédito recorrente.

Boleto bancário x cartão de crédito em agências de marketing: 

Como vimos, não existe uma única modalidade de pagamento que possa solucionar todos os problemas que surjam durante as operações. 

É por isso que o gestor financeiro de uma agência de comunicação e marketing deve lançar mão das melhores práticas para fazer uma gestão completa e eficiente.

Para facilitar sua análise, separamos aqui alguns desafios na gestão de cobranças do boleto bancário e do cartão de crédito:

Boleto bancário

Cartão de crédito

É o meio de pagamento preferido entre empresas Tem ganhado espaço nas transações entre empresas
Recebimento entre 1 a 2 dias após a quitação Repasse padrão de 30 dias
Oferece taxas mais baixas Opera com taxas mais altas
Exige a gestão de uma régua de cobrança eficiente para o relacionamento com o cliente e para a manutenção do fluxo de caixa Exige um sistema de gestão de assinaturas que ofereça retentativas inteligentes de cobrança
A obrigatoriedade do boleto registrado pode encarecer as taxas bancárias para registro, liquidação, baixa e manutenção do título e alteração de dados Perdas com falhas temporárias e permanentes na cobrança podem impactar o fluxo de caixa
A necessidade do envio do arquivo de remessa aos bancos, trazida pela implementação do boleto registrado, exige o uso de uma solução que realize essa operação de forma automatizada.  Necessário ter um gateway para processar retentativas em múltiplos adquirentes ou um sistema de gestão com integração direta com um adquirente

Seu sistema de gestão de pagamento recorrente deve trabalhar por sua agência

No final das contas, seja com boleto bancário ou cartão de crédito, o seu sistema de gestão de assinaturas e pagamento recorrentes deve ter a missão de trabalhar por você e pelo seu time. 

O seu sistema também deve lhe ajudar a cadastrar a venda e faturamento de jobs eventuais, de maneira avulsa e isolada, sem impactar nas mensalidades dos clientes recorrentes e na análise das métricas.

O Superlógica é um sistema focado em recorrência para negócios que trabalham com mensalidades, assinaturas e planos. O sistema ajuda agências a serem mais eficientes em sua gestão financeira.

Dê um passo a mais rumo ao crescimento de sua agência de marketing.

Conheça o Superlógica Assinaturas.

 

 



Compartilhar

Comentários

comentarios