O que é billing

O que é billing? Entenda como automatizar o faturamento da sua empresa

Billing é um sistema de cobrança responsável pela geração e controle de faturas, de forma inteligente e automática. Dentro de uma empresa que recebe pagamentos recorrentes como mensalidades, assinaturas ou contratos, o billing garante a personalização dos critérios de cobrança para cada cliente, garantindo que eles recebam suas faturas no momento certo, sem que existam erros de cálculo sobre o que foi efetivamente consumido.

Além de agir de acordo com os parâmetros específicos do plano de cada cliente, o billing gera o faturamento de ponta a ponta. Por exemplo: emite as cobranças nas mais diversas modalidades de pagamento, faz a conciliação e a emissão de notas fiscais.

Por que automatizar o billing é importante?

A personalização de critérios de cobrança para cada cliente é a garantia que uma empresa tem de receber, com exatidão, por todos os serviços prestados ou produtos que foram consumidos dentro de um determinado período.

E falando em período, é fundamental que os clientes recebam suas faturas devidamente atualizadas e em dia, com o cálculo de juros e multas e demais valores variáveis.

Falhas na gestão de contratos e cobranças passam ao cliente uma impressão de desordem organizacional, sendo prejudicial para a manutenção da reputação de uma empresa. Em negócios recorrentes, repetir o erro pode ser um convite para que o cliente tome a decisão de ir embora.

Um processo de faturamento equivocado também pode desencadear o fenômeno de churn involuntário: o cancelamento que ocorre sem que tenha partido da vontade do cliente. Essa situação está ligada a uma gestão de cobrança ineficiente.

Todos esses fatores, quando acontecem de forma contínua, dificultam a competitividade no mercado, trazendo consigo um sério risco para a sobrevivência de um negócio a médio prazo.

Organizar um time financeiro inchado, com pessoas dedicadas a tarefas como emissão de boletos, notas fiscais, e fazendo a conciliação de pagamentos de forma manual também não é uma solução eficiente.

Isso porque diante de tarefas repetitivas existe uma grande chance de os processos apresentarem erros, que podem prejudicar diversas etapas. Isso sem contar no tempo desperdiçado para a execução de cada operação.

Um departamento financeiro não precisa incorrer em erros, que podem impactar no fluxo de caixa, representando mês a mês um risco para a viabilidade de uma empresa, caso as falhas se acumulem por um longo tempo.


Nova call to action




Como automatizar o billing pode ajudar sua empresa?

Um controle de mensalidades eficiente começa com o uso de ferramentas adequadas para a gestão de cobranças. Para um negócio baseado em assinaturas, mensalidades ou SaaS, por exemplo, um sistema para gestão de assinaturas é o que irá garantir o acompanhamento do cliente durante toda a sua jornada.

Um sistema de gestão ERP adequado para negócios recorrentes irá permitir:

  • Acuracidade das cobranças;
  • Agilidade nos processos;
  • Eliminação de falhas e erros nos recebimentos;
  • Maior controle da inadimplência;
  • Eficiência do time dentro de um departamento financeiro.

O principal impacto em garantir que todos esses processos estejam rodando livres de falha é a maior previsibilidade de receita. Afinal, para a recorrência, ter um fluxo de caixa saudável é indispensável e atua como uma estrutura para o funcionamento de toda a empresa.

Um faturamento eficiente também aumenta a rentabilidade de um negócio, pois exige menor esforço de cobrança.

Como posso melhorar o billing dentro da minha empresa?

Vamos ver a seguir algumas práticas essenciais para uma boa gestão dentro de um departamento financeiro:

  • Torne a gestão de assinaturas mais eficiente: garanta a migração de planos ajustando corretamente o pagamento. Gerencie facilmente contratações, renovações, reajustes, upgrades, downgrades, itens adicionais e avulsos;
  • Automatize a conciliação de cobranças de forma integrada com um sistema ERP através de um gateway ou facilitador de pagamentos. Com esta integração, sua equipe fica livre de fazer a manipulação dos arquivos de remessa e retorno, no caso de boleto bancário;
  • Acompanhe a performance das cobranças: um sistema de gestão financeira (ERP) permite visualizar o percentual de sucesso e de falha na conversão das cobranças no cartão de crédito. Isso é indispensável para saber o momento certo de agir em caso de falhas repetidas;
  • Tenha uma régua de cobrança efetiva: conte com um sistema de gestão que lhe permita a criação de uma régua de cobranças automatizada para que os seus clientes recebam notificações por e-mail, SMS e até mesmo carta.  Isso é importante para que eles sejam avisados e cobrados no momento certo;
  • Tenha um controle efetivo da inadimplência. Acompanhe diariamente os índices em cada período e não permita surpresas no fluxo de caixa.  Um ERP recorrente permite o acompanhamento e cruzamento de informações como:
    • Total acumulado x pequenos atrasos;
    • Valor do saldo por cliente original e atualizado;
    • Por aging (volume financeiro por período de atraso).
  • Suspenda o serviço de clientes inadimplentes e proponha acordos quando chegar o momento certo;
  • Emita notas fiscais automatizadas: um ERP recorrente estará pronto para ser integrado aos sistemas de Prefeituras para a emissão de nota fiscal eletrônica com a opção de fazer isso no momento da cobrança ou na sua liquidação. Basta parametrizar as informações uma única vez no sistema e ter um certificado digital.

CFO ou diretor-financeiro?

Neste artigo, discutimos o papel do CFO/diretor-financeiro em uma operação de assinaturas. CFOs de empresas que são referência no cenário nacional discutiram boas práticas de gestão no Superlógica Xperience, evento voltado a discutir a economia da recorrência. Não deixe de se cadastrar em nossa newsletter para receber artigos voltados à gestão financeira.

Deixe que o sistema de gestão financeiro trabalhe por você

A missão do sistema de gestão adequado para pagamentos recorrentes como assinaturas ou mensalidades é permitir a uma empresa gerenciar e escalar seu negócio.

Um ERP de cobrança recorrente pode trabalhar por você e pelo seu time. Com ele, a automatização de tarefas lhe poupará tempo, deixando você com mais tempo para o planejamento.

O Superlógica é um sistema focado em recorrência para empresas de serviços que trabalham com mensalidades, assinaturas e planos. O sistema ajuda empresas a automatizar processos e serem mais eficientes em sua gestão financeira. Qualquer empresa que trabalha com o conceito de assinaturas e pagamentos recorrentes pode usar o Superlógica.




Compartilhar

Comentários

comentarios