cobranças recorrentes no cartão de crédito saas

Por que usar a cobrança via cartão de crédito para combater inadimplência no novo cenário

A taxa de inadimplência é um dos indicadores de negócio que se pode esperar grande impacto no novo cenário vivido atualmente, com a pandemia de COVID-19. Empresas do segmento SaaS devem se preparar para combater qualquer aumento que fuja de seu controle. E uma das alternativas para esse momento é a oferta de cobranças recorrentes no cartão de crédito.

Segundo índice divulgado em abril pela empresa de informações de crédito Boa Vista, a inadimplência do consumidor avançou 1,2% em março na comparação com fevereiro, e a previsão é que continue crescendo em abril.

Em negócios recorrentes, a falta de pagamentos é um mal que pode trazer graves consequências para o caixa da empresa. No entanto, existem uma série de técnicas que podem ser colocadas em prática para reduzir sua incidência. Uma delas é implementar o cartão de crédito como meio de pagamento recorrente. 

Neste post, traremos mais informações sobre como fazer isso no seu negócio.


O cartão de crédito no Brasil

Usar o cartão de crédito para fazer compras na internet ou pagar por serviços online pode parecer algo corriqueiro para muitas pessoas. No entanto, até o início deste ano, o Brasil ainda tinha cerca de 45 milhões de desbancarizados, ou seja, pessoas que não tinham acesso aos serviços de instituições financeiras.

Ainda assim, a prática está se disseminando. De acordo com dados da  Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços (Abecs), o valor transacionado nesta modalidade subiu 17,8% no primeiro trimestre de 2019, em relação ao mesmo período de 2018.

Na verdade, já em 2018, mais de 60% do valor transacionado por cartões – incluindo os de débito e pré-pagos – forma no crédito.

Do lado dos fornecedores de SaaS, muitos daqueles que atuam vendendo serviços ao consumidor final já oferecem a modalidade. Já entre aquelas empresas que oferecem soluções voltadas a outros negócios (B2B), essa adesão é ainda menor.

→ Quer saber mais sobre o panorama dos meios de pagamento no Brasil? Confira esse eBook exclusivo!

Como as cobranças recorrentes no cartão de crédito ajudam no combate a inadimplência 

Em um momento com incertezas e a expectativa de crescimento da inadimplência, a cobrança por cartão de crédito pode ser uma arma poderosa. Trata-se de um meio muito mais prático, pois a cobrança é automática e não exige que o cliente lembre-se do pagamento da fatura.

Além disso, alguns pontos negativos do passado já não são mais um grande problema. Na integração entre o Superlógica Assinaturas e o PJBank, por exemplo, sua empresa de SaaS pode receber nesta modalidade com tarifa fixa, semelhante a de um boleto. Eliminando assim a taxa percentual.

Com um bom processo de cobrança e o auxílio de uma boa plataforma de gestão é possível limitar o impacto dos atrasos em pagamentos. Confira algumas outras vantagens das cobranças via cartão de crédito.

Por que cobrar via cartão de crédito recorrente

Praticidade

A cobrança via cartão de crédito gera comodidade tanto para o cliente, quanto para a empresa que presta e cobra por determinado serviço. Isso porque, uma vez que o cliente cadastra o seu cartão, todo o processo de pagamento é feito automaticamente. 

Apenas o fato de o cliente não ter que fazer nenhum tipo de ação para efetuar um pagamento, já pode, por si só, contribuir para a redução da inadimplência. Afinal, limitam-se os riscos de esquecimento.

Organização

A modalidade também contribui para que as duas partes de organizem melhor em relação aos pagamentos. 

Com esse formato, não existe a possibilidade de se esquecer de efetuar uma cobrança (como pode acontecer no caso dos boletos), ou mesmo o cliente não fazer um pagamento alegando que não recebeu um título. Evitando este tipo de falha e tendo maior previsibilidade em relação ao recebimento dos recursos por parte da operadora de cartão, a gestão de fluxo de caixa também fica mais organizada.

Para o cliente, a despesa é organizada em uma única fatura a ser paga, a do cartão, emitidas pelo banco todo mês.

Segurança

A atuação dos bancos e operadoras – que contam com grande capacidade de investimento em ferramentas de segurança- para minimizar riscos resulta em um ambiente bastante seguro para a realização de transações. 

Por outro lado, as fraudes relacionadas a boletos continuam acontecendo mesmo após o fim do boleto sem registro. Uma vez que o cliente fez o pagamento de um boleto fraudado, dificilmente conseguirá reaver seu dinheiro.

Adesão facilitada

Oferecer a modalidade de cartão de crédito torna a contratação de qualquer software como serviço mais simples, ou seja, favorece a aquisição. Isso porque basta o cliente incluir seus dados para concluir uma assinatura. O fato de o cliente poder pagar pela primeira mensalidade apenas após algum tempo, na fatura do cartão (diferente de uma compra via boleto, na qual o desembolso é imediato) também joga a favor.

Inclusive, com o apoio de um bom ERP, mesmo os que já efetuam pagamentos via boleto podem alterar o meio com autoatendimento. Basta fornecer uma área do cliente em seu site, no qual o assinante pode acessar e fazer as alterações necessárias

Tecnologia para pagamentos mais efetivos

Para tornar o processos de cobrança o mais efetivo possível, as empresas de SaaS devem contar com o uso da tecnologia. Soluções em nuvem, como o Superlógica Assinaturas, além de permitirem o trabalho remoto, oferecem todos os recursos necessários para automatizar o processo de recebimento, contribuindo para o controle dos índices de inadimplência.

Entre os recursos do sistema está a régua de cobrança, ferramenta que permite a programação de mensagens periódicas automáticas, avisando os clientes sobre os vencimentos. Esta é uma boa maneira de reduzir o churn involuntário – que é quando um cliente cancela sem querer, por falta de pagamento.

Sobre a Superlógica

A Superlógica desenvolve o software de gestão líder do mercado brasileiro para empresas de serviço recorrente. Somos referência em economia da recorrência e atuamos nos mercados de SaaS e Assinaturas, Condomínios, Imobiliárias.

Nova call to action

Compartilhar

Comentários

comentarios