O que é transformação digital e o que sua administradora tem a ver com isso?

Ninguém duvida que a internet tem um poder avassalador de transformação. Basta lembrar como era nossa rotina há pouco mais de 20 anos e comparar com os dias atuais. Tudo, absolutamente tudo mudou e, inegavelmente, hoje estamos mais conectados.

O que você precisa saber é que essa revolução continua, mas agora, ela acontece em uma velocidade assustadora e vem atingindo todos os segmentos da economia. Já falamos aqui no blog sobre o processo de disrupção que alguns mercados tradicionais estão sofrendo e como isso vai impactar os negócios da administração de condomínios.

Agora, precisamos falar sobre transformação digital. Mas, não se engane, ela não está acontecendo apenas na internet.

Mais que uma estratégia usada no âmbito corporativo, a transformação digital representa a construção de uma nova mentalidade expandida a todas as esferas da sociedade. Ela causa impactos diretos no modo como nos relacionamos, muda a forma como trabalhamos e amplia nosso poder enquanto clientes. 

Mas, você sabe como a transformação digital está redefinindo hoje todos os aspectos que permeiam o seu dia a dia?

E, mais importante ainda: sua administradora está pronta para todas as mudanças que já estão acontecendo?

É o que vamos discutir neste post.

O que é transformação digital?

A transformação digital é uma forma de repensar todos os modelos de negócios com base em uma cultura completamente voltada para a otimização de processos, ganho de produtividade e melhora da experiência do cliente.

Empresas ao redor do mundo estão trabalhando, nesse momento, em questões fundamentais para que os seus negócios se mantenham relevantes amanhã. Nenhum segmento está livre desses impactos e quem for incapaz de oferecer serviços de valor, estará em desvantagem em um mercado cada dia mais competitivo e ávido por inovação.

Onde está a transformação digital?

A aplicação da tecnologia está modificando tudo ao nosso redor. Vemos exemplos na mobilidade, em carros cada vez mais inteligentes; na chamada “internet das coisas”, que interconecta sistemas que executam tarefas que antes eram comandadas por humanos; nos serviços financeiros, que estão se tornando mais acessíveis e baseados nas reais necessidades do cliente, enfim, a lista é grande.

Um exemplo próximo e real são as transformações trazidas pelo “blockchain”: um grande banco de dados público, absolutamente seguro, no qual podem ser armazenados arquivos digitais de qualquer natureza.

E por que a tecnologia blockchain pode causar impactos em nosso dia a dia?

Porque toda a comunicação de dados de um ponto a outro é protegida por criptografia, tornando impossível violações de qualquer natureza. Isso significa que a autenticidade de todos os arquivos é assegurada apenas pelos envolvidos, tornando dispensável que um terceiro precise validar a autenticidade de documentos e dados.

E você sabe o que isso representa?

Que os serviços oferecidos pelos cartórios, por exemplo, podem estar seriamente ameaçados. Hoje, os cartórios são instituições capazes de garantir a veracidade de qualquer tipo de documento, com creditação feita por meio de selos holográficos e carimbos. A tecnologia blockchain também pode fazer a mesma coisa, com validação por meio de códigos, sendo uma solução mais barata, acessível e totalmente online.

Aliás, as mudanças nos cartórios já começaram faz algum tempo com a assinatura digital (ou firma digital), que autentica a assinatura de qualquer emissor, tornando dispensável a validação em papel de uma assinatura de próprio punho.

Com tudo isso, estamos criando um volume maior de informações e alimentando sistemas que, em pouco tempo, serão capazes de reinventar e simplificar todos os processos que conhecemos hoje.

E por falar em “tornar simples”, estamos vivendo uma era digital na qual podemos acessar tudo ao toque de um dedo. A transformação digital já está nas nossas mãos.

Minha administradora está fazendo parte da transformação digital?

Reunimos mais alguns sinais para que você possa perceber que a transformação digital já está acontecendo no mercado de administração de condomínios.

Para começar a adequar o planejamento do seu negócio e colocá-lo em linha com a transformação digital, é necessário considerar quatro aspectos fundamentais:

  • Eficiência: com a otimização de processos
  • Pessoas: criando um time de alta performance
  • Tecnologia: desenvolvendo formas e meios de facilitar o dia a dia do cliente
  • Geração de valor: criando vantagens competitivas frente a concorrência.

Para guiar o caminho por essa nova jornada, todo gestor deve se perguntar:

  • Como posso reestruturar processos internos e reorganizar o meu time?
  • Como posso gerar mais valor ao meu cliente?
  • Como posso me tornar mais competitivo?

Conheça as ferramentas que podem ser usadas hoje

Tecnologia nas nuvens

A armazenagem de informações nas nuvens já é realidade e pode ser empregada hoje mesmo para facilitar a gestão dos negócios das administradoras de condomínio. Ela permite que todos os dados sejam acessados online, de qualquer dispositivo (computador, tablet, celular), o que proporciona ganho de eficiência.

Autosserviço: ofereça valor ao seu cliente

Hoje podemos resolver tudo em um simples toque no celular. O uso de aplicativos tem conquistado mais espaço, sendo hoje um dos meios preferidos para resolver qualquer demanda cotidiana.

Para a gestão de condomínios, a implementação de um aplicativo pode melhorar a comunicação entre administradoras e condôminos e agregar mais valor a essa relação.

Hoje já é possível fazer pelo celular: solicitação de segunda via de boletos, visualizar cobranças em aberto, verificar atas, acessar comunicados, fazer a reserva de áreas comuns de condomínios, entre muitas outras funcionalidades.

Novas formas de pagamento: facilite as questões de ordem financeiras

Já existe no mercado a opção de recebimento da taxa condominial por meio do cartão de crédito, com valor semelhante ao boleto. Essa modalidade foi lançada em 2017 pela Superlógica, em parceria com a Mastercard e funciona sem comprometer o limite do cartão do cliente, além trazer benefícios às administradoras, como maior previsibilidade de receita. 

Ampliar as modalidades de pagamento é um diferencial competitivo, além de agilizar processos de cobranças. Outro benefício é a redução da inadimplência por esquecimento. Com a opção de débito automático na fatura de cartão de crédito, caso haja falha na cobrança, o cliente recebe um boleto para que possa seguir com a quitação.

Inovação: renove antigos processos

Um processo antigo e já considerado antiquado por muitos condôminos são as assembleias presenciais, que contam com muita rejeição e pouca adesão. Mas, hoje já existe uma plataforma online que permite a realização da assembleia virtual, um meio legal e ágil para colocar em discussão a pauta do condomínio. Com ela, é possível conseguir mais engajamento, melhorar a transparência nos processos e facilitar a comunicação entre todas as partes. A discussão fica acessível no sistema e a qualquer momento, os moradores podem contribuir.

Tecnologia e competitividade: metodologia Inside Sales para vender mais

E, já que falamos sobre tecnologia, ela também pode auxiliar as administradoras de condomínio a vender mais: o Inside Sales é uma metodologia de vendas, conduzida remotamente, que utiliza a estrutura interna da empresa. Ela aproveita os recursos tecnológicos para realizar a abordagem de prospects, principalmente, os que ainda estão em estágio inicial de negociação.

Adotar o Inside Sales gera economia com deslocamentos desnecessários e ainda torna o processo mais consultivo e estratégico, acompanhando o cliente dentro de sua jornada de compra. Tudo isso significa dar um passo à frente da concorrência.

Checklist da transformação digital para as administradoras de condomínio

Acompanhe agora os 8 passos para colocar sua administradora de condomínios à frente na transformação digital:

  1. Automatização: implemente um bom sistema de gestão que permita a otimização de processos;
  2. Acessibilidade: mantenha o armazenamento de todas as suas operações na nuvem e tenha o controle de tudo de forma online;
  3. Pessoas: não permita que sua equipe perca tempo em processos burocráticos como geração de segunda via de boletos ou realizando cobranças. Adote um sistema inteligente para controlar a inadimplência e fazer a gestão financeira;
  4. Pagamentos: facilite a vida de seu cliente e ofereça o cartão de crédito como meio de pagamento da taxa condominial;
  5. Inovação: implemente a assembleia virtual e aumente o engajamento de seus clientes em questões importantes para a administradora de condomínios;
  6. Relacionamento: agregue valor ao cliente oferecendo a ele um aplicativo para resolver questões importantes;
  7. Competitividade: use a tecnologia para aumentar as suas vendas com a metodologia Inside Sales;
  8. Conexão: participe do Superlógica Next 2018, evento que está ajudando milhares de administradoras a obter mais sucesso em seus negócios.

E, então? Está preparado para dar mais um passo rumo à transformação digital? Conheça tudo o que o Superlógica pode fazer pela administração de condomínios e comece hoje mesmo a revolucionar o seu negócio.

Participe do Superlógica Next 2018, o evento que vai percorrer 10 cidades para mostrar as dicas práticas que podem ser implementadas hoje na administração de condomínios. Conheça a programação.

Compartilhar

Comentários

comentarios