Webhooks + API aberta

Webhooks + API aberta: liberdade de integração do Superlógica com outros sistemas

 

Publicado originalmente em 4 de setembro de 2014 e atualizado em 16 de setembro de 2019

Quem trabalha com SaaS (software as a service), assinaturas ou recebe por mensalidades precisa contar com um sistema de cobrança recorrente que facilite o dia a dia e tire o peso do trabalho manual do seu time. 

Para evitar erros, as ações que ocorrem com frequência, como por exemplo, a suspensão de clientes ou a liberação de trials, devem funcionar de maneira automática. 

Dessa forma, antes de contratar um sistema de cobrança recorrente e gestão de assinaturas, verifique se ele tem total liberdade para se integrar a outros sistemas com segurança e agilidade via webhooks ou API.

O Superlógica Assinaturas utiliza estes recursos que permitem, de maneira fácil e direta, configurar “ganchos” com outros sistemas, sem que haja a necessidade de efetuar novas requisições a todo momento.

O que são os webhooks?

Os webhooks funcionam como padrões que integram os dados gerados no Superlógica a outros sistemas. Sempre que alguma nova informação é gerada, o webhook envia uma requisição contra uma URL alvo, fazendo uma espécie de “gancho” com este outro sistema.

Isso significa que, ao invés vez de requisitar informações sucessivas vezes via API, os webhooks do Superlógica enviam os dados automaticamente.

Como funcionam os webhooks dentro do Superlógica Assinaturas?

Com os webhooks do Superlógica, você pode ser notificado, em tempo real, sobre eventos que acontecem no sistema.

Exemplo 1: uma empresa que trabalha com SaaS pode programar o recebimento de uma notificação assim que um cliente contratar um plano. 

Exemplo 2: sempre que um novo cliente é cadastrado no Superlógica, o webhook envia os dados para o seu CRM.

Em ambos os casos, para evitar qualquer tipo de perda de informações ou divergências entre os dados durante o processo de envio, o Superlógica centraliza toda a lógica em URL’s pré-determinadas. 

Usar webhooks é seguro? 

Uma forma adicional de segurança implementada pelo Superlógica Assinaturas em todas as requisições consiste no envio do parâmetro “validationtoken” a partir de uma chave que pode ser obtida na página do app Webhooks no Superlógica

Com isso, é possível verificar seu valor para confirmar a origem da requisição. Este token fica em segurança assim como as URL’s utilizadas nos webhooks.

Webhook: quais são os eventos dentro do Superlógica? 

O Superlógica disponibiliza ao todo 26 ações. São elas: 

  • Cliente novo
  • Cliente atualizado
  • Cliente desativado
  • Cliente reativado
  • Cliente status
  • Produto ou serviço novo
  • Produto ou serviço atualizado
  • Produto ou serviço desativado
  • Produto ou serviço excluído
  • Contrato novo
  • Contrato atualizado
  • Contrato excluído
  • Contrato cancelado
  • Cobrança criada
  • Cobrança atualizada
  • Cobrança liquidada
  • Cobrança estornada
  • Cobrança invalidada
  • Cobrança reativada (após ter sido invalidada)
  • Mensalidade reajustada
  • Despesa liquidada
  • Despesa estornada
  • Despesa alterada 
  • Cartão de crédito negado
  • Pedido status
  • Nota fiscal convertida

Se houver a necessidade de uma ação específica que não esteja na lista, o Superlógica Assinaturas poderá desenvolvê-la sob demanda.

Acesse também a loja de apps para conhecer a integração com todos os sistemas e aplicativos.


Nova call to action

Quais as vantagens dos webhooks?

  • A integração usando webhooks é mais ágil e rápida: em poucos passos, o desenvolvedor cria a integração. A quantidade de etapas e códigos é reduzida em mais de 70% quando comparadas a uma requisição de ações específicas via API;
  • Aumenta as possibilidades de integração: com o webhook algumas ações podem ser requisitadas, de forma direta, sem grande complexidade de códigos ou uso de banco de dados; 
  • A integração de dados é feita em tempo real: assim que os dados são cadastrados no Superlógica são enviados imediatamente. Sem a utilização deste recurso, é necessário requisitar as informações diversas vezes ao dia; 
  • Melhora o desempenho do servidor: o número de acessos ao servidor é menor, pois a quantidade de requisições de integração ao longo do dia são reduzidas. Isso melhora o desempenho e reduz o risco de quedas.

Por que uma empresa SaaS deve usar webhooks? 

Dentro de um negócio SaaS é importantíssimo tornar todas as operações da gestão de planos mais eficientes. 

Uma das funcionalidades via webhooks mais utilizadas no Superlógica é o cancelamento automático de clientes inadimplentes. Esta função permite suspender e cancelar uma assinatura, considerando, por exemplo, o número de dias de inadimplência. No Superlógica é possível também parametrizar as mensagens de suspensão e cancelamento que o cliente vai receber por e-mail.

Isso tudo funciona graças ao webhook que dispara a informação referente à inadimplência diretamente para o sistema de destino.

Configurando os webhooks dentro do Superlógica 

Conheça o passo a passo para realizar as configurações:

1.Dentro do Superlógica, acesse o menu Apps > Loja de apps;

2. Encontre o app Webhooks;

3. Após a instalação, acesse o app (será necessário realizar a contratação no primeiro acesso);

4. Os cadastros das URL’s podem ser feitas através do botão “Novo”.

Quer dar um gás na sua gestão financeira? 

Preparamos um guia completo para você entender o que, realmente, precisa de um software para a gestão de assinaturas e cobranças recorrentes.

Não pague por funcionalidades que não agregam nos seus negócios. Acesse agora o e-book.

 



Compartilhar

Comentários

comentarios