condomínio via boleto

Vantagens e desvantagens da cobrança de condomínio via boleto

O boleto bancário é uma forma de pagamento exclusivamente brasileira, extremamente popular em alguns segmentos, entre eles a cobrança da cota condominial. Esse meio permite aos desbancarizados realizar compras online, assim como é escolhido por muitos que possuem conta em banco.


Você verá neste artigo:

  1. Vantagens da cobrança de condomínio via boleto
  2. Como gerar boleto para pagamento de condomínio
    1. Como deve ser o boleto do condomínio
  3. Desvantagens e alternativas à cobrança via boleto



Vantagens da cobrança de condomínio via boleto

Como a maioria condomínios possui uma grande quantidade de unidades, as administradoras precisam gerir o pagamento de muitos condôminos. Por isso, precisa de métodos de cobrança que não precisem ser feitos individualmente, e o boleto bancário é um deles.

A grande vantagem do boleto é que as tarifas cobradas pela sua emissão são menores na comparação com outras formas de pagamento. 

Enquanto as taxas cobradas por operadoras de cartão de crédito são percentuais em cima de cada transação, nos boletos o valor é fixo. Ou seja, não aumenta junto com o custo do condomínio.

No entanto, já existem alternativas no mercado para recebimento da cota condominial por cartão de crédito com tarifa fixa.

Mesmo administradoras que enxergam mais vantagens em outras formas de cobrança devem disponibilizar a opção do pagamento via boleto, pois muitos condôminos estão acostumados e sentem-se mais seguros com esse modelo.

Como gerar boleto para pagamento de condomínio?

O primeiro passo para conseguir gerar boletos bancários para a cobrança do condomínio é ter uma conta PJ (pessoa jurídica, vinculada a um CNPJ). Então basta contratar o serviço de emissão de boletos junto ao banco ou instituição facilitadora.

Para gerar de fato o documento de cobrança, é preciso de um software emissor de boletos. Aí está um ponto de atenção importante. Emitir individualmente para cada condômino tomaria intermináveis horas de um trabalho muito suscetível ao erro manual.

A melhor solução é, portanto, contar com um sistema de gestão condominial, como o Superlógica Condomínios, que torna a cobrança segura e automática.

Como deve ser o boleto do condomínio?

O formato do boleto é padronizado, de acordo com diretrizes da Federação Brasileira de Bancos (Febraban). Ele deve trazer informações como:

  • Sacado: quem vai ser o pagador do valor;
  • Cedente: quem vai ser o recebedor da cobrança, o emissor do boleto;
  • Agência/código Beneficiário: código relacionado à conta do cedente;
  • Valor do documento: o quanto custa a transação em moeda corrente vigente naquele país;
  • Vencimento: o prazo para o sacado quitar o documento;
  • Juros e multa de mora: quanto o sacado teria de pagar por atraso no pagamento. Multa é paga apenas uma vez e juros são acumulados conforme o tempo de atraso;
  • Nosso número: sequência de dígitos da linha digitável, que carrega todas as informações registradas no banco;
  • Linha digitável: representação numérica do código de barras, que contém código de compensação, moeda, data de vencimento e o valor do documento até a data de vencimento. Ao todo, pode ter 48 dígitos;
  • Código de barras: representação em barras da linha digital para as máquinas compreenderem.

Desvantagens e alternativas à cobrança via boleto

A grande desvantagem da cobrança de condomínio via boleto bancário é que essa é uma forma de pagamento mais suscetível à inadimplência que outras. Isso porque o condômino precisa realizar uma ação: pegar o código de barras e pagar o valor, no celular, computador, caixa eletrônico, lotérica etc.

No Superlógica Condomínios, esse problema é minimizado com uma régua de cobrança, que possibilita à administradora configurar notificações automáticas, enviando lembretes e os boletos.

Com outros meios de pagamento, porém, esse problema inicial sequer existe. O sistema do Superlógica permite o pagamento do condomínio por cartão de crédito. É fácil para o condômino, pois ele fornece os dados só uma vez, e para a administradora, que otimiza a previsibilidade de receita.

Seja qual for a sua preferência, o melhor cenário é oferecer ao condômino mais de uma opção, para que ele se sinta confortável e opte pela que mais lhe agrada.

Nova call to action

Sobre a Superlógica

A Superlógica desenvolve o software de gestão líder do mercado brasileiro para empresas de serviço recorrente. Somos referência em economia da recorrência e atuamos nos mercados de SaaS e Assinaturas, Condomínios e Imobiliárias.

New call-to-action

Compartilhar

Comentários

comentarios