Turma da Mônica aposta no mercado de assinaturas online

Mônica, Cebolinha, Magali, Cascão e toda a turma do bairro do limoeiro estão em uma nova aventura: desbravar a economia da recorrência no mundo digital. A Maurício de Sousa Produções (MSP), em parceria com a Panini, lançou o aplicativo Banca da Mônica. No app, o leitor pode fazer uma assinatura para ter acesso às edições dos quadrinhos e ler em tablet ou smartphone.

A “Banca”, que está disponível nos sistemas operacionais Android e iOs, oferece diversas publicações históricas da turma e também é atualizada com as revistas e histórias mais recentes. A proposta do serviço é alcançar um público mais jovem, que interage mais com esses dispositivos do que com o papel em si.


Como funciona a assinatura digital da Turma da Mônica?

O aplicativo da Maurício de Sousa Produções disponibiliza um free trial (período de degustação) de 1 mês. Nele, o usuário pode conhecer e se interessar pelo serviço, sendo necessário apenas ter um e-mail válido para fazer o cadastro.

Após esse tempo, o usuário pode escolher por 4 pacotes com quatro preços diferentes:

  • Turma da Mônica por R$ 24,90 mensais: o leitor tem acesso a todas histórias, gibis e produções atuais das revistas atuais da Mônica, Cebolinha, Magali, Cascão e Chico Bento;
  • Turma da Mônica jovem por R$ 16,90: o leitor tem acesso a todas publicações das séries “Turma da Mônica Jovem” e “Chico Bento Moço”;
  • Turma da Mônica acervo por R$ 3,50: o leitor pode acessar todo o acervo de histórias das revistas de Mônica, Cebolinha, Magali, Cascão entre 1950 e 2016;
  • Turma da Mônica Internacional por R$ 16,90: inclui “Monica and Friends” e “Mónica y Sus Amigos” em inglês e espanhol, respectivamente.

Além dos pacotes, os usuários podem comprar pela plataforma edições especiais avulsas das séries Graphic MSP (R$ 6,90 por edição) e Clássicos de Cinema (R$ 6,90 por edição). Tudo é pago, seja de maneira recorrente ou transacional, via iTunes ou Google Play.

Banca da Mônica é evolução de aplicativo anterior

O MSP anunciou o aplicativo como uma versão evoluída da Caixa de Quadrinhos, sistema antigo de acesso de maneira digital das histórias da Turma da Mônica lançado em 2015 com proposta similar.

Nova call to action

A diferença entre as duas está na quantidade de conteúdo e na usabilidade. O aplicativo antigo não dava acesso a publicações especiais, histórias recentes e conteúdo em outras línguas. A interface foi atualizada para se adequar a realidade dos novos leitores também.

Mas… o gibi da Turma da Mônica não funcionava por pagamentos recorrentes?

Sim! Assim como várias publicações editoriais impressas, as revistas daT urma da Mônica também funcionava por meio de assinaturas (que hoje em dia podem ser feitas pelo site da Panini).

Mas a diferença está no modelo dos dois negócios recorrentes. A assinatura tradicional entregava na sua casa todo mês um novo volume da coleção de revistas assinadas. Se formos considerar, seria uma espécie de caixa surpresa.

O aplicativo não. Ele combina dois modelos: tudo que você pode consumir com a caixa surpresa. Da mesma forma que você recebe todo mês uma novidade, você também pode acessar todo o conteúdo passado que já foi publicado (no período de tempo especificado).

Além disso, ele se torna digital, alcança maiores públicos, reduz custos com logísticas e com a impressão dos volumes para ser entregue. Isso acaba, de certa forma, barateando para o consumidor que paga uma assinatura menor e tem acesso a muito mais conteúdo.

Quer saber mais sobre modelos de pagamentos recorrentes como o da Turma da Mônica? Leia o nosso artigo 9 modelos de negócios recorrentes para implementar na sua empresa.

Sobre a Superlógica

A Superlógica desenvolve o software de gestão (ERP) líder do mercado brasileiro para empresas de serviço recorrente. Somos referência em economia da recorrência e atuamos nos mercados de SaaS e Assinaturas, Condomínios, Imobiliárias e Educação.

A Superlógica também realiza o Superlógica Xperience, maior evento sobre a economia da recorrência da América Latina, e o Superlógica Next, evento que apresenta tendências e inovações do mercado condominial.

Nova call to action

Compartilhar

Comentários

comentarios