Problemas da conciliação bancária manual em imobiliárias

Problemas da conciliação bancária manual em imobiliárias

A transformação digital vem revolucionando cada dia mais a gestão de empresas e pode ser a chave para otimizar processos e minimizar erros. Você já parou para pensar, por exemplo, em quanto tempo gasta fazendo a conciliação bancária da sua imobiliária?

Esse tipo de processo, quando realizado de forma manual, acaba sendo extremamente minucioso e demorado, fazendo com que a empresa precise designar um colaborador para se dedicar integralmente à tarefa.

Contudo, a boa notícia é que, apostando nas ferramentas certas, já é possível automatizar totalmente esse e outros processos burocráticos da gestão imobiliária.

Quer entender melhor como evitar os problemas da conciliação bancária manual e fazer com que a conferência das entradas e saídas do caixa seja muito mais produtiva? Então continue a leitura. 

O que é conciliação bancária?

Conciliação bancária é uma conferência financeira interna da imobiliária, que utiliza os extratos bancários para verificar se movimentações de entrada (como pagamentos de locatários e comissões) e de saída (custos e despesas) conferem com o controle financeiro interno da empresa.

Mensalmente, a imobiliária faz inúmeras movimentações em sua conta bancária, incluindo despesas e receitas que não têm ligação com os contratos de locação. Para garantir uma boa gestão financeira e organização do fluxo de caixa, essas operações precisam ser controladas de perto.

Dessa forma, a conciliação bancária funciona como um controle real. Afinal, permite que o financeiro avalie se as movimentação do controle interno e os extratos bancários estão batendo.

Qual o problema com a conciliação bancária manual?

Para realizar a conciliação bancária manual, é preciso que a empresa crie planilhas minuciosas para manter um controle interno de entradas e saídas e, então, faça a comparação de cada movimentação com os extratos bancários.

Você deve imaginar, portanto, que esse tipo de trabalho é extremamente demorado, e é verdade. É importante que o financeiro tenha muita atenção e leve em consideração todas as variações existentes.

Movimentações por cheque, por exemplo, têm um tempo de atraso entre a emissão e a compensação bancária. Além disso, valores recebidos via cartão de crédito, débito, boletos e até transferências também podem ter prazos de compensação diferentes.

Sendo assim, na hora de fazer a conciliação manual, o financeiro acaba tendo que “caçar” cada uma das movimentações. Sem dúvidas,  demanda muito tempo e faz com que um colaborador precise se dedicar exclusivamente à tarefa. 

Além dos esforços para inserir e verificar cada despesa e receita manualmente, outro grande problema da conciliação manual é a possibilidade de erros.

Mesmo utilizando planilhas e se dedicando integralmente à tarefa, as falhas podem ocorrer. E, nesses casos, um simples erro de digitação pode acabar impactando no controle financeiro e comprometendo todo o fluxo de caixa.

Como automatizar a conciliação bancária?

Existem duas formas de automatizar sua conciliação bancária. A primeira forma é utilizando os arquivos de remessa e retorno:

  • remessa: é um arquivo que o cliente envia ao realizar um pagamento, contendo instruções que são analisadas pelo sistema bancário;
  • retorno: após a análise, o banco envia um arquivo de volta para a imobiliária.

Normalmente, esse tipo de operação é feita manualmente, importando arquivos do sistema de gestão. Ou seja, o processo fica mais ágil e com menor margem de erros — no entanto, ainda não é 100% automático e exige um certo trabalho do gestor.

Conciliação bancária 100% automática com o Superlógica Imobiliárias

A outra forma de automatizar sua conciliação bancária e dispensar completamente o trabalho manual é apostando na plataforma Superlógica Imobiliárias.

Com ela, todo o procedimento de conciliação é feito de forma integrada e 100% automática. Isso porque, ao assinar a solução, a imobiliária cria, também, uma conta digital.

Assim, os controles financeiros do ERP são atualizados automaticamente em cada movimentação, dispensando a necessidade de arquivos de remessa e retorno ou a conferência manual de qualquer informação.

Apostando no Superlógica Imobiliárias, você minimiza erros e garante mais assertividade nas conciliações, prevenindo possíveis prejuízos à imobiliária.

Além disso, ganha tempo nos processos e consegue fazer com que sua equipe possa focar em uma gestão mais estratégica.

Agora que você já sabe como fazer conciliação bancária de forma automatizada, baixe nosso Guia do sistema para imobiliária e descubra por que o ERP é a chave para o sucesso da sua imobiliária.

E caso queira se manter informado sobre as principais novidades do mercado imobiliário, assine nossa newsletter! Basta preencher o formulário abaixo:



Compartilhar

Comentários

comentarios