dicas de marketing digital para crise condomínios

[PODCAST] Marketing Digital para administradoras: lidando com a crise e construindo relacionamento através das redes sociais

Durante muito tempo, administradoras de condomínios mantiveram um mesmo padrão para suas estratégias de vendas. Muito da estratégia de marketing e captação se concentrava no offline, nas indicações e cold calls. Entretanto, com o momento atípico que vivemos, alguns desses métodos já não fazem mais sentido. Reforçar a presença digital e fazer bom uso das redes sociais como canais de prospecção e relacionamento uma eventual adaptação e tornou-se uma necessidade.

Para conquista de novos clientes, não se trata apenas de criar anúncios de divulgação nas redes sociais, o uso precisa ser estratégico e bem pensado – inclusive para não parecer insensível ao momento atípico que vivemos.

Já em questão do relacionamento com seus clientes atuais, os canais digitais e redes sociais podem ser mais do que canais de comunicação. Os condôminos estão passando mais tempo em casa, o que pode trazer uma série de conflitos com vizinhos, funcionários e a própria gestão do empreendimento.

Para debater o uso das redes sociais e dar dicas de marketing digital que podem ser aplicadas daqui para frente, convidamos Sara Zimmermann e Betto Alves para participar do podcast da Superlógica. Ambos são professores de comunicação e marketing da Escola Superior de Administração, Marketing e Comunicação (ESAMC) e consultores da ZimmermannPro.

Confira o episódio abaixo na íntegra! Você também pode ouví-lo no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcast e todos os principais agregadores. Também, assine e acompanhe as novidades do nosso canal no Youtube.

Um mundo ainda mais digital

A transformação digital é um tema debatido há anos, de modo que já não é mais novidade em muitos setores. Entretanto, existiam aqueles segmentos que conseguiam se abster, em certo nível, dessa disrupção.

Ainda que utilizassem softwares, ferramentas, aplicativos de mensagens, o foco sempre esteve nos métodos de prospecção e vendas mais antigos. A transição para  o digital, então, acontecia de forma mais lenta, mas com um sinal de alerta para o que se observou em diferentes setores de serviço – como o dos táxis que foi profundamente afetado pelos motoristas por aplicativo.

Agora (e daqui pra frente), com a mudança repentina para o trabalho remoto, esse a digitalização dos processos será ainda mais rápida. 

“As administradoras de condomínios também precisam pegar carona nesse mundo de ferramentas digitais à disposição”, comenta Betto Alves

Ele ainda complementa que, justamente por conta das pessoas estarem mais tempo em casa, é um momento oportuno para realizar uma pesquisa interna nos condomínios. Assim, será possível descobrir quais são as ferramentas e oportunidades que se deve buscar para atender a demanda dos seus clientes

Sucesso do cliente e a experiência do condômino

A pesquisa e o preparo estratégico para utilizar redes sociais, plataformas ou tomar iniciativas diretas é fundamental sob a perspectiva do mercado. 

Para muitos, o momento não sugere uma estratégia agressiva de vendas, mas sim a viabilização de uma boa experiência aos condôminos. O sucesso do cliente tem um papel fundamental na retenção de receita e posteriormente na aplicação de técnicas de upselling e cross selling.

→ Clique aqui e assista a um webinar exclusivo sobre vendas e customer success no novo cenário com Renata Centurión, sócia-diretora LATAM da Winning by Design

Sara Zimmermann destaca o pensamento que deve correr nas administradoras. “Temos as mídias sociais despontando como um super canal de relacionamento com o cliente”. Porém, “esse não é o momento para pensar apenas de comunicação. É o momento de explorar estratégias para criar um relacionamento em que o cliente (condômino) lembre da sua organização como ‘aquela que esteve e criou um relacionamento comigo naquele momento difícil’”.

E, nisso não se trata de uma abordagem oportunista, mas sim de uma aproximação genuinamente preocupada com o bem-estar desses indivíduos. Ou seja, um reconhecimento claro da responsabilidade social das administradora.


Uma oportunidade para mudança de imagem

A adoção de novas estratégias e, principalmente, a construção de uma relação empática com os moradores também servirão para promover uma mudança na imagem das administradoras.

Em muitos casos, essas empresas são lembradas ou acionadas pelos seus clientes finais em eventos específicos – e não muito positivas: nas cobranças e nas reclamações. Por mais que a administradora faça muito mais e preste um serviço crucial para a boa gestão do condomínio, é comum moradores terem por referência essas situações limitadas

Por isso, há a necessidade de que as administradoras façam esse trabalho de estreitar relacionamentos. E este pode ser o momento ideal para gravar boas memórias nessas pessoas.

Confira abaixo, algumas dicas práticas de marketing digital e redes sociais que os consultores da Zimmermann Pro!

Dicas de marketing digital e redes sociais

  1. Festas coletivos via ferramentas online;
  2. Redes sociais para criar e gerenciar grupos de interesse;
  3. Criar uma rede de networking para vendas e oferta de serviços dentro do condomínio.

1. Festas coletivos via ferramentas online

Uma opção para comemorar aniversários de moradores que estão em casa, algumas vezes sem possibilidade de sair por fazerem partes de grupos de risco. Mesmo o WhatsApp pode ser utilizado para viabilizar tal ação.

Também pode-se pesquisar ferramentas específicas para realização de videoconferências.

2. Redes sociais para criar e gerenciar grupos de interesse

Somente agora muitos condôminos estão descobrindo que vizinhos têm interesses semelhantes aos seus. Quem não se surpreendeu, durante o dia, quando seu vizinho aumentou o som e estava ouvindo seu gênero musical favorito?

Neste ponto, a administradora pode descobrir, através de pesquisas, qual é o melhor canal para facilitar a conexão entre essas pessoas. Zimmermann destaca que não adianta decidir arbitrariamente realizar a ação em uma rede social, sendo que a com mais engajamento dos moradores é outra.

3. Criar uma rede de networking para vendas e oferta de serviços dentro do condomínio

Há muitas pessoas em um condomínio que podem oferecer diferentes tipos de serviço (pequenos reparos, assistência de informática, personal trainers) ou vendendo itens que estão com suas atividades limitadas devido ao distanciamento social.

A administradora pode agir diretamente nesses casos. Através de canais de comunicação digitais é possível criar redes de networking para condôminos anunciarem, comprarem e contratarem. Além de auxiliar essas pessoas, consequentemente, estimula-se a circulação de uma forma preliminar de economia comunitária, que pode beneficiar o condomínio no futuro.

→ Quer saber mais detalhes sobre essas estratégias, como fazer uma gestão de crise nos condomínios e muito mais? Ouça o podcast na íntegra, clique aqui!

Sobre a Superlógica

A Superlógica desenvolve o software de gestão líder do mercado brasileiro para empresas de serviço recorrente. Somos referência em economia da recorrência e atuamos nos mercados de SaaS e Assinaturas, Condomínios, Imobiliárias.

Superlogica Condominios

Compartilhar

Comentários

comentarios