melhores bancos não são os maiores bancos

Melhores bancos e maiores bancos são a mesma coisa?

Por Danilo Camargo, Product Manager e Especialista em Open Banking no PJBank

No dia 08/06, foi publicado um estudo sobre os melhores bancos do mundo em 2020 pela Forbes. Foram entrevistados mais de 40 mil pessoas em 23 países. Analisando o mercado nacional conseguimos perceber que de fato o Brasil não está para brincadeira.

Segundo o estudo, o Nubank merecidamente assume o posto de melhor banco nacional, seguido por Banco Inter, Neon, PagSeguro PagBank e Next (oficial). Só após os 5 bancos digitais vemos o Itaú, seguido dos outros 4 tradicionais bancos em nosso país.

E nos EUA?

Porém, se pararmos para analisar essa pesquisa nos EUA, vemos um cenário completamente diferente. Segundo a pesquisa, nenhum dos bancos digitais em operação no país está no top 10, ou melhor, muito longe disso. O topo do ranking é composto por bancos tradicionais e centenários como Averst Bank (1871), Fulton Bank (1882), Rockland Trust (1907) e Renasant Bank entre outros.


Só a 35ª posição

Para encontrar um banco digital é necessário descer bastante a lista do estudo, somente na 35ª posição encontramos a Chime. Os bancos digitais ainda não aparentam ter caído nas graças da população estadunidense.

E no Reino Unido?

Já no velho continente temos uma situação bem diversificada, o top 10 é intercalado entre bancos tradicionais, centenários e os famosos challenger banks.

 

Challenger banks presentes

Monzo na segunda posição, Revolut na quarta e Starling Bank na sexta estão presentes no top 10 do Reino Unido. Fica aqui também uma curiosidade, a grande potência N26, ganhou apenas uma posição de destaque na Espanha (em segundo lugar), entretanto na Alemanha, em seu país natal, ele ocupa apenas a 29ª posição.

Maiores bancos ≠ Melhores bancos

Analisando esses três mercados, que tanto pela economia quanto história são completamente diferentes, percebemos que o melhor banco para o cliente final não é uma exclusividade de bancos digitais ou muito menos bancos tradicionais. O parâmetro para definir o melhor é: a instituição com melhores serviços, independente de tempo no mercado, tradição, identidade visual arrojada ou tecnologia.

Outro dado muito curioso que podemos observar está relacionado a quantidade de funcionários em cada instituição. A quantidade não está diretamente ligada na qualidade, por exemplo, o Nubank tem 34 vezes menos funcionários que o Itaú, primeiro banco tradicional no ranking do nosso país. O Brasil sem dúvidas se mostra como um expoente na adesão de bancos digitais pelo mundo.

Referências:

https://www.forbes.com/worlds-best-banks/#47ae45f61295

https://www.revolut.com/en-BR

https://monzo.com/i/business

https://www.starlingbank.com

https://n26.com/en-us/blog

https://www.chime.com/

Sobre a Superlógica

A Superlógica desenvolve o software de gestão líder do mercado brasileiro para empresas de serviço recorrente. Somos referência em economia da recorrência e atuamos nos mercados de SaaS e Assinaturas, Condomínios, Imobiliárias.

Nova call to action

Compartilhar

Comentários

comentarios