Real Estate as a Service: tendência no mercado imobiliário

Real Estate as a Service: conheça essa tendência do mercado imobiliário

Real Estate as a Service é apenas mais uma das tendências que surgem no mercado da era dos serviços. Como assim, era dos serviços?

Esqueça a tradicional distinção entre indústria e serviços, e também a separação mais recente entre negócios físicos e digitais.

Hoje, mesmo empresas que geram valor a partir de produtos físicos precisam de uma boa presença digital e competente prestação de serviços ao cliente.

Afinal, como explicamos no artigo Entenda por que você deve preparar sua imobiliária para uma nova geração de consumidores, o perfil de consumo das gerações jovens está mais relacionado com a experiência do que com a posse.

No caso das imobiliárias, o imóvel continua sendo o objeto principal do setor, mas as empresas precisam aprimorar seus serviços cada vez mais para continuarem competitivas em um mercado tão disputado.

O que é Real Estate as a Service?

Real Estate as a Service (REaaS) é um modelo de atuação em que as imobiliárias deixam de focar exclusivamente no produto. Desse modo, voltam a sua atenção na mesma intensidade para os serviços que oferece. O termo, em inglês, pode ser traduzido como “imobiliária como serviço”.

Se em outros tempos tudo se resumia aos atributos do imóvel e sua localização (nos Estados Unidos, um lugar-comum entre corretores é o lema “location, location location“. Portanto, só o que importa é a localização). Hoje, a imobiliária precisa ir além — inclusive além do simples objetivo de ocupar os imóveis a qualquer custo.

No relatório Real Estate Predictions 2021, a consultoria Deloitte aponta que, no lugar do lema citado acima, a realidade do mercado imobiliário de hoje é a tríade localização, insights e experiência.

“Os proprietários precisam considerar como o espaço está sendo usado, e não apenas se está sendo ocupado. O Real Estate as a Service (REaaS) cria as condições para que os donos de imóveis se perguntem qual é o valor real de suas propriedades”, diz o relatório.

Assim, em um modelo de REaaS, há uma análise mais aprofundada da experiência. Isso tem a ver com dados e tecnologia, mas também com a subjetividade de cada consumidor e sua relação com o imóvel.

Entender profundamente quem é o seu cliente é fundamental para que você encontre o imóvel ideal, mas, além disso, para que possa promover experiências únicas”, explica Ronaldo de Andrade, consultor da Superlógica Imobiliárias.

Segundo ele, o papel da imobiliária hoje não se restringe apenas a encontrar um bom imóvel e entregar as chaves – as pessoas esperam mais.

“Para um casal recém-casado, que está alugando um imóvel para iniciarem a vida juntos, por que não dar as boas-vindas? Enviar um espumante e desejar felicidades na nova casa, montar um kit de indicações com os melhores restaurantes e, ainda, fornecer cupons de descontos”, exemplifica.

São detalhes que podem parecer pequenos, não é mesmo? Mas têm o potencial de impactar de forma positiva um momento marcante na vida dos clientes. Sem dúvidas, isso faz diferença na satisfação, fidelização e recomendação a outras pessoas.

Novos perfis de imóveis

Vá além da atuação da imobiliária! Convém também ficar atento à relação entre as preferências das novas gerações e o perfil de alguns empreendimentos imobiliários que têm surgido com cada vez mais frequência.

Os principais exemplos são condomínios planejados com os conceitos de coworking e coliving, isto é, com áreas comuns compartilhadas — para trabalhar e conviver, respectivamente.

No segmento de alto padrão, um exemplo são os condomínios do tipo home resort. Neles, os condôminos têm direito a serviços como lavagem de carro, massagem e instrutor fitness, entre outros.

Como implementar o modelo REaaS?

Agora que você já sabe o que é REaaS, certo? Então, veja como pode transformar a atuação da sua imobiliária para acompanhar essa tendência. 

A seguir, apresentamos alguns pontos para reflexão.

Imobiliária como facilitadora 

O serviço é algo que existe principalmente para facilitar a vida do cliente. Então, explore oportunidades para simplificar a relação do cliente, seja ele proprietário, inquilino ou comprador.

Oferecer soluções como seguro, aluguel sem fiador e outras facilidades pode aumentar a reputação da marca no mercado.

Experiência como foco

As gerações mais novas (Y, dos millennials, e Z dos centennials), priorizam a experiência em relação à posse.

Lembre-se do exemplo dado antes pelo consultor Ronaldo de Andrade (do casal recém-casado)? Pense em outras sutilezas que podem transformar a experiência dos diferentes perfis de clientes.

Transformação digital e orientação por dados

Transformação digital! Essa é a melhor maneira de colher insights e saber se sua imobiliária está no rumo ao modelo REaaS.

Mas lembre-se: transformação digital não é apenas usar soluções tecnológicas no dia a dia da imobiliária.

Leia o artigo A transformação digital chegou: sua imobiliária está pronta? para entender do que estamos falando.

As mudanças principais são de cultura e mentalidade, mas é claro que as soluções também são importantes.

Quando chegar na hora de escolher uma plataforma digital, opte pela Superlógica Imobiliárias, que conta com recursos de automação e um dashboard com métricas para facilitar a tomada de decisão do gestor.

Quer saber mais? Experimente a Superlógica Imobiliárias grátis.

Compartilhar

Comentários

comentarios