Como ser um corretor de imóveis: 6 dicas para ter sucesso

A profissão do corretor de imóveis é de extrema importância para os resultados da imobiliária. Afinal, esse é o profissional responsável por atrair clientes, fechar vendas e locações e realizar a captação e os processos de vistoria.

Mas como ser um corretor de imóveis e o que é preciso saber para ingressar na área? Neste post, listamos algumas dicas importantes para quem quer se jogar no mercado imobiliário e iniciar uma nova carreira. Tem interesse no assunto? Então siga a leitura.

6 dicas para se tornar um bom corretor de imóveis

A seguir, listamos 6 dicas que podem ajudar quem está ingressando no mercado e quer ter um bom desempenho como corretor de imóveis.

1. Busque formação na área

O primeiro passo para quem deseja ser um bom corretor de imóveis é buscar conhecimento na área. O ensino superior não é um requisito obrigatório, no entanto, pode ser um grande diferencial no seu currículo, aumentando as chances de parcerias com grandes imobiliárias.

Independentemente de o profissional ter ou não o superior, ele deve buscar por um curso técnico profissionalizante de Transações Imobiliárias. O curso tem duração de 4 meses a 1 ano e é pré-requisito para tirar o registro do CRECI.

Outras opções de cursos aceitos pelo CRECI são a faculdade de Ciências Imobiliárias, com duração de 4 anos, ou o curso técnico de Gestão Imobiliária, com duração de 2 anos.

2. Faça seu registro no CRECI

O CRECI (Conselho Regional de Corretores de Imóveis) é o órgão federal que normatiza e regulamenta a profissão. Para atuar na área, é fundamental que o corretor obtenha seu registro com ele.

Para isso, é preciso seguir alguns pré-requisitos como:

  • ser maior de idade;
  • ter concluído o ensino médio;
  • ingressar em um dos cursos citados acima;
  • realizar estágio em uma imobiliária, assinado por um corretor credenciado;
  • entregar a documentação exigida no órgão.

3. Busque boas parcerias

Os corretores de imóveis são profissionais autônomos, que podem tanto atuar de forma totalmente independente quanto prestar serviço para imobiliárias, arquitetos e construtoras. Dessa forma, eles não têm vínculo empregatício regido pela CLT.

Para quem é novo na área, no entanto, a dica é sempre optar por trabalhar em uma imobiliária. Isso porque o ambiente pode se tornar uma verdadeira escola para a profissão. Com bons parceiros, o corretor iniciante conseguirá trocar figurinhas, aprender o linguajar da área e a rotina de atividades e ainda conferir dicas de como abordar o cliente.

Dessa forma, o trabalho em equipe e as boas parcerias podem ajudar o corretor no início de sua carreira, preparando-o para uma atuação mais flexível e autônoma no futuro.

4. Aprenda boas técnicas de abordagem

A comunicação é a principal habilidade de um corretor de imóveis, um fator decisivo para o fechamento de uma venda. Por conta disso, quem está começando na área deve pesquisar muito sobre técnicas de abordagem e atendimento.

É importante ter em mente, por exemplo, que cada cliente tem um perfil diferente e que conhecer esse perfil pode ajudar a prever sua real expectativa e seu poder de compra.

Além disso, o corretor precisa ter a capacidade de quebrar objeções e elaborar uma argumentação coerente que consiga rebater as “desculpas” e convencer o cliente sobre a compra.

Por fim, é fundamental que o corretor respeite o timing do cliente e esteja atento à jornada de negociação. Deixá-lo esperando demais ou apresentar propostas no momento errado pode acabar atrapalhando a sua negociação.

5. Faça uma boa gestão de tempo

Na área de vendas, o tempo é um recurso precioso. Por isso, um bom corretor precisa saber como otimizar suas atividades e gerir seu tempo de forma adequada, melhorando a produtividade no negócio.

Para isso, é importante manter uma agenda organizada e separar suas atividades por prioridade e nível de dificuldade. Além disso, é válido buscar por ferramentas e tecnologias que ajudem na otimização de tarefas, como um CRM ou um aplicativo de lembretes.

6. Mantenha-se atualizado

O mercado imobiliário é um setor bastante dinâmico e, por isso, manter-se atualizado é outra dica importante para ser um bom corretor. Vale a pena participar de cursos, congressos, feiras e eventos da área e fazer networking com outros profissionais.

Além disso, busque livros e artigos que tragam novidades e tendências de mercado e preste atenção aos questionamentos de seus clientes. As dúvidas que eles têm e que você não sabe como responder, muitas vezes, podem ser gatilhos para que você pesquise mais e aumente seus conhecimentos na área.

Como formar uma boa equipe de corretores

O meio em que os corretores estão integrados também faz toda a diferença para que eles consigam desempenhar bem suas funções.

Por conta disso, é importante que a imobiliária também se esforce para oferecer um ambiente com bom clima organizacional e que estimule o crescimento dos profissionais.

Quer saber como a imobiliária pode ajudar você nessa jornada profissional? Baixe nosso e-book completo sobre como ser um corretor de imóveis de sucesso.

E aproveite também para assinar nossa newsletter! Você receberá notícias sobre o mercado imobiliário e tudo o que acontece aqui na Superlógica. Basta assinar o formulário abaixo:

 



Compartilhar

Comentários

comentarios