[Superlógica Imobiliárias] Gestão de imóveis vagos

Apesar de ser muito importante ter unidades disponíveis, imóveis vazios geram despesas para imobiliárias ou proprietários. Um dos segredos para conseguir sucesso na gestão de imóveis vagos é realizá-la de forma automatizada, controlando despesas e encaminhando automaticamente os pagamentos para os proprietários de imóveis.

Gestão de imóveis vagos

Um bom gerenciamento de imóveis vagos é uma forma de economizar recursos e manter a organização financeira da sua empresa. Quer saber o que é necessário considerar ao fazer a gestão de imóveis vagos? Veja nossas dicas!

Controle das despesas

O primeiro ponto que deve ser pensado no momento de realizar qualquer tipo de gestão financeira, é o controle e organização. Na gestão de imóveis vagos também é assim, é fundamental saber exatamente quais despesas serão geradas pelos imóveis no seu estoque, e consequentemente, para a sua imobiliária e clientes em cada mês.

Existem imobiliárias que acreditam que isso pode ser feito em planilhas ou até mesmo cadernos. Recursos que facilmente se perdem ou dificultam o acesso a algumas informações, e por isso, tornam-se não tão organizadas. A melhor alternativa para controlar as despesas geradas pelos imóveis vazios é um software de gestão financeira para imobiliárias.

Por meio desse tipo de sistema, é possível registrar todas os gastos que serão gerados dentro do mês por cada imóvel. Com essas informações, o software consegue mostrar de forma simples todas as despesas com imóveis vazios dentro do mês e permite um controle total destes custos.

Repasse aos proprietários

Outro passo da gestão de imóveis vagos é o repasse das despesas aos proprietários. Existem imobiliárias que fazem isso de forma manual, controlando por planilhas ou agendas, enviando boletos ou solicitando pagamentos um a um pel correio ou e-mail. Trabalhar dessa forma não é nem um pouco eficiente para as imobiliárias que procuram organizar-se financeiramente e tornarem-se mais produtivas.

split de pagamentos superlogica pjbank

Com um ERP imobiliário que tenha todas as despesas e imóveis cadastradas fica muito mais simples fazer a gestão de imóveis vagos, especialmente o repasse aos proprietários. Isso acontece porque o sistema tem a inteligência de calcular quanto cada cliente precisa pagar de despesas para a imobiliária, podendo gerar boletos específicos ou descontar os valores de outros repasses.

Com um software imobiliário, sua imobiliária economiza tempo e também oferece maior praticidade aos clientes, tornam-se uma ferramenta perfeita para aumentar a produtividade da sua empresa e o valor perante aos clientes.

Rentabilidade e precificação

Também faz parte da gestão de imóveis vagos estar muito atento a rentabilidade e precificação dos imóveis. Isso porque as despesas geradas por um imóvel vazio é um fator que precisa ser considerado na hora de ter um preço competitivo no mercado.

Por exemplo, será difícil fazer negócio tendo uma taxa de condomínio e um aluguel alto, provavelmente seu imóvel não estará entre os preferidos dos possíveis clientes. Nesses casos, é importante estar atento e equilibrar o valor do aluguel com as despesas.

Outro ponto que precisa ser avaliado é um investimento em anúncios publicitários de cada imóvel. É claro que é importante investir em publicidade, mas esse valor precisa estar em conformidade com o quanto o imóvel renderá para a imobiliária. Por isso,  controlar o custo de cada imóvel para o proprietário, locatário e imobiliária é fundamental em uma locação.

Esses são os aspectos que precisam ser priorizados no momento de realizar a gestão de imóveis vagos. Sua imobiliária está cumprindo essa tarefa de forma prática e organizada? Isso pode comprometer a gestão financeira do seu negócio e o aluguel dos imóveis disponíveis.





Compartilhar

Comentários

comentarios