[Recursos] Como gerar a DIMOB

Você sabe o que é a DIMOB ? Como gerar e configurá-la dentro do sistema Superlógica ? Pois bem, vamos ajudá-los a fazer isso a seguir.

O que é a DIMOB ?

DIMOB é a Declaração de Informações sobre Atividades Imobiliárias, ela deve conter as informações que se refiram a comercialização ou locação de imóveis, tendo a competência referente a todas transações ocorridas no ano anterior. Todo ano, até o último dia de fevereiro, deve ser entregue um arquivo contendo as informações dos contratos administrados pela imobiliária no ano de referência e mostrando as comissões, rendimentos e os impostos retidos.

Banner - DIMOB

Quem deve declarar?

Deve declarar a DIMOB, segundo a instrução normativa, toda pessoa jurídica e equiparadas que:

  • Que comercializarem imóveis que houverem construído, loteado ou incorporado para esse fim
  • Que intermediarem aquisição, alienação ou aluguel de imóveis
  • Que realizarem sublocação de imóveis
  • Que se constituírem para construção, administração, locação ou alienação de patrimônio próprio, de seus condôminos ou de seus sócios

Portanto, se você gerou, durante esse período que se refere a fevereiro do ano anterior até o atual, faturamento relacionado a imóveis, desde a comercialização direta a uma intermediação, tem a obrigação de entregar a declaração, sempre se atentando as orientações oferecidas na Normativa.

Uma nota importante: o recebimento desses valores deve ter sido constatado através da geração de Notas Fiscais.

Como a Superlógica Imobiliárias te ajuda com a DIMOB?

O nosso sistema ajuda você a gerenciar e gerar o arquivo,para fazer a tão temível declaração.

Antes de gerar o Dimob é necessário preparar algumas coisas importantes:

  • Para que um contrato faça parte do Dimob marque a opção em Contrato > Tributação > Incluir no Dimob
  • Todos os contratos que farão parte do Dimob precisam ter os repasses realizados no sistema
  • É necessário configurar os serviços que fazem parte de Rendimento, Comissão e Imposto retido, tanto para geração do Dimob quanto para impressão do relatório de rendimentos
  • Caso não tenha feito todos os repasses pelo sistema, imprima o relatório de rendimentos e faça a declaração manualmente
  • Confira os valores antes de enviar o documento à Receita Federal. (Isso é importante para garantir que os dados enviados estão corretos.)

Acessando no sistema o menu “Empresa” > DIMOB:

Ao acessar a tela no o menu “Empresa” > DIMOB você deverá configurá-la.

Como fazer e configurar a DIMOB da sua Imobiliária?

No sistema Superlógica Imobiliária, essa será sua tela da DIMOB:

Nessa janela você confirma os dados da imobiliária e informar o CPF da pessoa responsável pela imobiliária na receita federal.

Nessa janela você deve informar os serviços que entrarão na DIMOB, lembrando que eles se diferenciam em 3 tipos: Comissão, rendimento e imposto retido.

  • Comissão: Aqueles serviços que ficam com o crédito final para a imobiliária, por exemplo a taxa de administração e a taxa de locação;
  • Rendimento: São os serviços que tem o crédito final para o proprietário, ou seja, aquilo que a imobiliária realmente repassa para o locador. Por exemplo o Aluguel;
  • Imposto retido: São os impostos que são pagos para terceiros, o IRRF que é pago para a receita federal.

Após selecionar os serviços e lhes dar a devida categoria de declaração estará configurada a sua DIMOB.

Quadro de Resumo

Na tela da DIMOB temos o quadro de resumo. Nesse quadro temos 4 colunas explicativas que mostram informações sobre o arquivo que será gerado dentro do sistema:

 

A primeira coluna mostra o número de contratos que estão marcados para entrar na DIMOB em seu sistema.
Eles não necessariamente entrarão no arquivo, porque só entrarão no arquivos os contratos que possuem movimentações no ano que será declarado.

 

 

Já na terceira coluna, o sistema mostra os proprietários que vão entrar na DIMOB. Esse é o número de estratos que serão gerados para declaração.

 

 

 

 

Na quarta coluna, são mostrados os erros críticos que impedem a geração do arquivo da DIMOB, como por exemplo:

 

 

  • Falta de CPF/CNPJ de algum locador e/ou de locatário
  • Endereço do imóvel incompleto
  • Rendimento bruto negativo de algum repasse (ou seja, o valor da comissão e/ou impostos retidos foi maior do que o valor do rendimento)
  • Comissão negativa de algum repasse (ou seja, algum valor de algum serviço que é comissão para a imobiliária está sendo repassado)

Enquanto esses erros não forem solucionados o arquivo não poderá ser gerado dentro do sistema.

Na quinta coluna, o sistema aponta alguns “erros” que podem estar incorretos. Então é gerado um relatório dessas inconsistências para o usuário (você cliente) verificar se estão corretas ou não. Elas não impedem a geração do arquivo mas é importante conferir essas pendências para não ter problemas.

 

Aparece neste relatório os repasses que tiveram seu rendimento líquido negativo, ou seja, aquilo que realmente foi repassado para o proprietário está negativo.

Bom, após gerar o arquivo importe-o no sistema da receita federal, e fique tranquilo.

Declare a DIMOB com a Superlógica Imobiliárias

A declaração da DIMOB é uma funcionalidade que melhora a sua gestão financeira e a realização das atividades necessárias na sua imobiliária.

Essa ferramenta ao ser aliada a outras que permitem a automatização das ações, vão revolucionar a administração financeira e dos seus imóveis. Assim você pode focar no que realmente importa, seu Cliente.

A plataforma Superlógica oferece essas ferramentas que vão te ajudar a atingir o sucesso de sua imobiliária.





Compartilhar

Comentários

comentarios