Imobiliária: Descubra 6 dicas brilhantes para fazer uma gestão financeira inteligente

Imobiliária: Descubra 6 dicas brilhantes para fazer uma gestão financeira inteligente

Os profissionais que possuem habilidades de gestão financeira e administrativa, tais como comunicação interpessoal, técnica de vendas e feeling para os negócios imobiliários, se destacam nesse concorrido mercado.

Isso os motiva a abrirem sua imobiliária, para investirem no seu próprio negócio e, com o crescimento, logo se torna necessário aumentar a equipe.

Porém é muito comum aparecerem dificuldades, para manter a produtividade da equipe e conseguir realizar uma gestão financeira imobiliária inteligente.

Pensando nisso, separamos algumas dicas para auxiliar os gestores imobiliários a aumentar os resultados, confira!

#1 gestão financeira imobiliária e planejamento estratégico

Na gestão imobiliária realizar um planejamento eficaz é o primeiro passo para alcançar o sucesso.

O planejamento nada mais é do que traçar metas e objetivos, em um determinado período e listar o que será feito por etapas. Por meio dessa rotina, é possível provisionar os números aproximados de gastos e lucros.

Por isso, com o planejamento estratégico, é possível entender como será o fluxo financeiro do período e se organizar para obter melhores resultados e atingir o crescimento.

#2 Previsão de receitas

O mercado de imóveis é um setor que sofre muitas variações devido, principalmente, a fatores econômicos. Por isso, prever uma receita, resultado ou desempenho é uma tarefa complexa.

Porém, acompanhar esses indicativos é muito importante, uma vez que eles são fundamentais para manter uma gestão financeira eficiente.

A solução para esse desafio é criar uma previsão baseada nos números de negócios fechados pelos corretores, para manter um bom capital de giro.

Essa tarefa torna-se mais simples quando você tem uma forma de gerenciar e consultar o faturamento de períodos anteriores, através por exemplo de ERP imobiliário.
Banner - Gestão de Locação

 Além disso, é importante manter um banco de dados atualizado com as informações sobre o mercado.

A principal função de criar esse acompanhamento, é evitar que gastos e/ou investimentos sejam maiores do que o que será recebido.

#3 Gestão da inadimplência

Esse indicador é um grande desafio para as imobiliárias. Afinal ela causa prejuízos para a gestão financeira.

Porém o planejamento estratégico e a previsão de receitas minimizam o problema, pois esses dois itens levam em conta possíveis inadimplentes.

Mesmo assim, uma ação precisa ser tomada para reduzir esses índices e regularizar o fluxo de caixa. Para isso, algumas ferramentas podem ajudar, alguns exemplos são:

  • Emissão automática de boletos;

  • Aplicativo para locatários, que notifica sobre cobranças em aberto e permite que o inquilino gere seu boleto atualizado.

Fazer uma gestão financeira eficiente e utilizar essas ferramentas que citamos acima, ajudam a minimizar prejuízos e manter o lucro sem preocupações.

#4 Controle de contas a receber e a pagar

Realizar mensalmente o controle de rendimentos é indispensável para avaliar a eficiência do planejamento estratégico e se ele está sendo seguido.

Para fazer seu fluxo de caixa, utilizar um sistema de gestão imobiliária pode ser uma ótima saída.

Esse tipo de software permite que a sua equipe acompanhe de forma regular os números da empresa e permite a geração de relatórios detalhados com informações importantes.

Isso permite um acompanhamento em tempo real da situação financeira da imobiliária, mantendo a organização e permitindo uma tomada rápida de decisões.

#5 Automação de processos

Aumentar a produtividade da sua equipe garante que o tempo gasto em outras atividades estratégicas essenciais seja maior.

Tarefas recorrentes e operacionais podem ser automatizadas, otimizando processos e aumentando a eficiência. Alguns exemplos de tarefas que podem tornar-se automáticas são:

split de pagamentos superlogica

A automação de processos é fundamental para uma gestão financeira e administrativa inteligente e permite que você faça isso economizando recursos.

Existem sistemas de gestão imobiliárias completos, que podem te ajudar a automatizar essas e muitas outras atividades da sua empresa.

#6 Separar as finanças pessoais das finanças da imobiliária

Ser proprietário de imobiliária não é fácil, afinal na maior parte das vezes você se divide entre as atividades de corretor, networking com clientes e a gestão da empresa.

Dessa forma, não sobra muito tempo para realizar a gestão financeira pessoal e essa tarefa algumas vezes é delegada ao financeiro da sua imobiliária.

Isso é algo que pode confundir a sua equipe financeira da sua imobiliária.

Para evitar essa situação, é importante deixar claro para o time que os gastos pessoais devem ser pagos a partir de um caixa não relacionado ao da empresa.

Não existe nenhum problema em delegar essa tarefa ao seu financeiro, mas é importante deixar claro que as duas coisas devem ser separadas.

Faça uma gestão financeira imobiliária inteligente

Com organização, uso das ferramentas certas e uma equipe produtiva, não será uma difícil alcançar o crescimento através desse planejamento eficiente.

Esperamos que essas dicas te ajudem na gestão da sua empresa e a tornar seu negócio mais lucrativo.





Compartilhar

Comentários

comentarios