projeto político pedagógico

Guia de montagem para o Projeto Político Pedagógico

Um projeto é um plano para a realização de uma ação ou tarefa. Isso demanda tempo e planejamento para definir as estratégias a serem seguidas e, muitas vezes, um projeto pode passar por diversas mudanças para que aquilo seja colocado em prática da melhor maneira possível. O Projeto Político Pedagógico (PPP) é um documento pedagógico de extrema importância, regulamentado pela “Lei de Diretrizes e Bases”.

Projeto Político Pedagógico é o documento no qual a escola detalha o direcionamento de todo o funcionamento da instituição. Nele, também conterão informações como missão, dados de aprendizagem, plano de ação, entre outros itens essenciais.

O PPP, como um guia para o ano letivo, orienta a escola sobre seu funcionamento e organização para atingir o objetivo principal: educação de qualidade para todos. A elaboração deve ser colaborativa, envolvendo gestores da instituição, coordenadores, professores, colaboradores, alunos, pais e responsáveis e representantes da comunidade.

Informações que precisam constar no PPP

Dentro do Projeto Político Pedagógico devem constar uma série de tópicos e informações. Por exemplo, entre outros dados, é necessário detalhar sobre o contexto social de seus frequentadores e da região na qual ela está inserida. Informações desse gênero ajudarão a escola a determinar suas metas administrativas e orçamentárias.

O Projeto Político Pedagógico deve conter:

  • Informações sobre a escola e contextualização social;
  • Missão da instituição;
  • Contexto social, econômico e cultural da comunidade;
  • Diagnóstico dos indicadores educacionais da escola;
  • Recursos da instituição;
  • Diretrizes pedagógicas;
  • Plano de ação;
  • Disponibilização do PPP para a comunidade.

Confira mais detalhes sobre os tópicos que devem ser abordados!

Informações sobre a escola e contextualização social

Neste tópico, constam as informações como CNPJ, localização, entidade mantenedora, nome do diretor e coordenador pedagógico. Os nomes da equipe responsável por elaborar o PPP também devem aparecer aqui.

Missão da instituição

Aqui, é importante conter uma breve história da instituição desde o seu início até o momento atual. Além disso, é essencial descrever: 

  • Quais são as intenções da escola; 
  • Porquê ela existe; 
  • O que deseja se tornar; 
  • O que norteia suas decisões; 
  • Qual é a sua política educativa;
  • Como é a educação que ela deseja oferecer aos seus alunos. 

Todas essas informações fazem parte da essência da escola e no que ela acredita como instituição. Por ser algo mais concreto, a Missão não é um tópico que precisa ser revisto com frequência, exceto se forem propostas mudanças drásticas em sua composição.

Contexto social, econômico e cultural da comunidade

Este é um item que mostra o porquê de o PPP ser único para cada instituição: a comunidade varia de localização para localização. Sendo assim, o PPP nunca deve ser replicado de uma unidade para outra ou copiado de outra instituição

Essa análise pode ser feita através do levantamentos dos dados contidos na própria matrícula do aluno, inserindo campos para que sejam preenchidas informações como: 

  • Idade; 
  • Sexo;
  • Raça/etnia;
  • Hábitos alimentares;
  • Níveis de escolaridade;
  • Renda;
  • Qualificação profissional dos responsáveis. 

Essas mesmas informações também devem ser coletadas dos colaboradores da escola. De acordo com esses dados, é possível direcionar a linha educacional da instituição, que deve ser coerente com a realidade do público que a frequenta.

Nesse tópico, também precisa conter informações sobre a participação das famílias no processo educacional de seus filhos. Deve-se citar envolvimento deles na vida e quais são as expectativas com relação à educação fornecida pela instituição.

Diagnóstico dos indicadores educacionais da escola

Os indicadores educacionais contidos no PPP vão direcionar a escola na busca de um melhor desempenho dos alunos e da qualidade de ensino. Deve-se contar:

  • Índices de aprovação e reprovação;
  • Média das notas e avaliações;
  • Frequência;
  • Progressão dos alunos ao decorrer dos anos;
  • Entre outros dados que possam auxiliar no entendimento dos indicadores educacionais. 

É importante comparar esses dados com outros mais abrangentes, para relacioná-los com outras escolas que estejam dentro do mesmo contexto. Os sites do Qedu e do Inep contêm informações nos contextos regionais e nacionais de escolas públicas, esse pode ser um bom parâmetro de comparação para saber se a instituição particular tem um melhor desempenho.

Recursos da instituição

O PPP terá impacto direto no planejamento orçamentário da escola, para que ela possa alcançar as metas apresentadas ao conselho escolar. Os recursos da instituição, especialmente, têm relação intrínseca com essa realidade, para determinar suas despesas. Assim, o documento também deve conter especificações como:

  • Materiais físicos da escola (salas, equipamentos disponíveis, materiais de apoio, mobiliários entre outros); 
  • Quadro de funcionários (quem faz parte da equipe, quais são suas funções e horários de trabalho);
  • Recursos tecnológicos que ela dispõe. 

Isso torna nítido quais são as limitações e as potencialidades da instituição. Com esse levantamento, a escola poderá determinar quais compras precisam ser feitas e quais despesas podem ser cortadas.

Diretrizes pedagógicas

Essa é uma das partes mais importantes do PPP, onde professores e coordenadores se reúnem para estabelecer:

  • Quais serão os conteúdos abordados; 
  • Metas de aprendizagem;
  • E os métodos de ensino e avaliação.

Existe uma base curricular nacional obrigatória, mas a equipe educacional pode ajustar diversos pontos para ter um ensino mais eficiente, incluindo o uso de tecnologias para atingir esse objetivo.

Plano de ação

Após todas as análises feitas, é hora de criar um plano de ação para colocar em prática tudo o que foi abordado no documento. É importante definir o que será feito para superar os problemas detectados, melhorando a qualidade de ensino da escola. Assim, é possível colocar em prática aquilo que a instituição almeja ser. 

Precisa-se adicionar o que a comunidade escolar considera importante, afinal este documento será válido por, pelo menos, um ano. O ideal é focar nas questões mais urgentes e estabelecer metas de curto, médio e longo prazos. Além disso, é essencial definir quem serão os responsáveis pela implementação e acompanhamento de cada ação, juntamente com os recursos que serão necessários para tal.

Disponibilização do PPP para a comunidade

Depois de pronto, o PPP pode ficar disponível em formato digital ou impresso na própria escola, para consulta quando necessário, tanto dos profissionais da instituição quanto para os membros da comunidade, assim é possível manter o plano de ação em execução.

É necessário fazer revisão do PPP?

Sim, é necessário fazer a revisão do PPP, porque o cenário pode mudar dentro da escola e da comunidade – vide os eventos decorrentes do COVID-19. Algumas prioridades podem ter sido alcançadas, enquanto outras podem ter surgido durante o ano e tudo isso precisa constar no Projeto Político Pedagógico.

Os prazos para revisão do PPP dependem das determinações do Conselho. Existem algumas etapas que devem ser realizadas no processo de revisão do PPP e nem todas as partes precisam ser alteradas. Missão, contextualização e caracterização são alguns tópicos que podem ser preservados.

O passo a passo da revisão

  1. Precisa-se de engajamento da equipe da escola para o trabalho a ser realizado;
  2. Em seguida, é realizado um planejamento coletivo para organizar a distribuição dos responsáveis por cada item;
  3. Depois, há um estudo da grade curricular adotada para verificar se atende ao que é solicitado;
  4. É feito um levantamento de dados para realizar o diagnóstico da escola e comparar com o PPP anterior;
  5. Deve-se mobilizar pais, responsáveis e toda a comunidade para participarem da construção do novo PPP;
  6. Faz-se a análise dos dados e a definição de prioridades a serem adotadas a partir deste momento, estabelecendo novas metas;
  7. Depois, o documento é validado com a comunidade interna e externa, é redigido pela equipe da escola e novamente é colocado em aprovação para a comunidade externa;
  8. Finalmente, somente depois da validação final entre todos os envolvidos, o novo PPP é divulgado.

O Projeto Político Pedagógico é essencial tanto em escolas privadas quanto públicas. É esse documento que vai direcionar o funcionamento da instituição de acordo com seus valores e também com a aprovação de toda a comunidade que usufrui da escola.

Sobre a Superlógica

A Superlógica desenvolve o software de gestão líder do mercado brasileiro para empresas de serviço recorrente. Somos referência em economia da recorrência e atuamos nos mercados de SaaS e Assinaturas, Condomínios, Imobiliárias, Escolas e Cursos.

Compartilhar

Comentários

comentarios