Emília Chagas: “Hoje não existe marketing digital sem produção de conteúdo”

Durante muito tempo, o conteúdo era relegado a segundo plano nas estratégias de marketing digital do mercado brasileiro. Mas essa situação vem mudando nos últimos anos.

De acordo com a Content Trends de 2017, pesquisa realizada pela Rock Content que entrevistou mais de 80 mil pessoas, 71% das empresas utilizam a estratégia de marketing de conteúdo. É um número maior que os últimos anos vinham apontando: 69% em 2015 e 70% em 2016. No mercado SaaS, esse número é ainda maior, com 73%.

“Hoje não existe marketing digital sem a produção de conteúdo”, declara Emília Chagas, CEO e Co-fundadora da Contentools. “Conteúdo é chave e está do lado do core business da empresa. É ele que vai transmitir a imagem dela para o mercado”.

Emília, que é jornalista de formação, percebeu o mesmo problema em todas as empresas que trabalhou: o fluxo de produção de conteúdo. “Eu me via com diversas planilhas, e-mails indo e vindo, diferentes versões do mesmo conteúdo”, lembrou. “Fiz um pitch numa startup builder e percebi que tinha um negócio nas mãos”.

Assim surgiu a ideia da Contentools: criar um SaaS voltado para o gerenciamento de todos os processos que envolvem a produção de conteúdo dentro de uma empresa, englobando desde a fase do planejamento até o momento de botar a mão na massa. O conceito é agregar tudo em apenas um lugar sem a necessidade de ter várias ferramentas interligadas.

Nova call to action

“O software vem para sanar a dor dos gestores de marketing que perdiam muito tempo na operação e no fluxo descontinuado”, comentou Emília. “O marketing não é um setor autônomo na maioria das vezes. Dessa forma, com um software organizando o operacional, sobra mais tempo para a estratégia”.

Mas a empresa não surgiu como esse sistema. No início, tudo era feito com um modelo transacional de marketplace. Com o nome Tex.do, ela montava equipes de marketing remotos, com um marketplace de redatores certificados. Desde 2015 o modelo SaaS é o que predomina, mesmo que ainda haja resquícios do marketplace.

“A gente não gera mais receitas de maneira transacional, mas temos uma rede de profissionais para oferecer para empresas que não podem construir times internos”, comentou Emília. “Entretanto, não estimulamos a terceirização da estratégia. Por sanar a dor dos clientes e entender o valor da solução, ela sempre deve estar ligada ao que a empresa produz”.

Com isso, a empresa vem se expandindo para o resto do mundo. Segundo Emília, 40% do mercado da Contentools já está localizado no Estados Unidos. Ele está dividido em mais de 10 países como Austrália e Alemanha. Ao todo são mais de 1 mil times de marketing utilizando o sistema da Contentools para gerenciar mais de 13 mil usuários ao todo.

Com essa experiência internacional, Emília acabou percebendo algumas coisas sobre a atuação de Marketing de Conteúdo globalmente. “Lá fora há uma maturidade maior e as empresas estão mais bem resolvidas na solução de uma estratégia digital”, comentou. “Aqui a gente ainda está no momento da adesão ao digital. O Brasil ainda tem muito mercado e capacidade de expansão”.

Emília é uma das palestrantes do Superlógica Xperience 2018, maior evento de assinaturas e SaaS da América Latina, que acontece nos dias 7 e 8  de Junho. Amanda Camasmie, líder de marketing da Superlógica, e Heitor Facini, redator do blog da Superlógica, bateram um papo com ela sobre experiência do cliente e a trajetória dela.

Ele é a quarta participante da segunda temporada do Podcast do Xperience, que vai ao ar toda a quinta-feira até a data do evento. Não se esqueça de se inscrever no nosso Soundcloud e no iTunes, para receber com antecedências as novidades do podcast. Semana que vem a entrevista será com Raphael Lassance, fundador da Growth Team.

Podcast #Xperience S02E04 – Emília Chagas

O que você vai ver nesse podcast:

1:30 – Começo da carreira no jornalismo, conteúdo sempre acompanhando toda a jornada de Emília.

3:00 – “Não existe ação de marketing que não envolva o conteúdo”.

4:05 – Explicação do que é a Contentools: um software de gestão de conteúdo.

5:45 – Mesmo sendo interno, o time de marketing nunca é completamente autônomo na produção de conteúdo.

7:00 – Começo da Contentools: concierge MVP montando times para as empresas.

8:05 – Pivotagem para o software SaaS de gestão de conteúdo e expansão global.

10:00 – Ainda existe um resquício do início com uma rede de profissionais disponível no sistema da Contentools.

11:15 – “A gente nunca incentivou terceirização de conteúdo, é sempre necessário que exista alguém que faça a estratégia dentro da empresa. No máximo, pode escalar a operação”.

12:20 – A importância do marketing de conteúdo para a empresa: é chave e deve refletir o coração da solução.

13:05 – O conteúdo precisa responder às dúvidas dos clientes com a voz da empresa.

15:00 – Hoje temos a “hiper-ferramentalização” da produção de conteúdo. São umas 10 ferramentas apenas para publicar algo. “Com um time muito grande, fica complicado usar todas as ferramentas”;

17:58 – No mundo todo, há a dor da centralização e da gestão do conteúdo.

18:11 – 40% do mercado da Contentools fica nos Estados Unidos. Eles também estão presentes em países da Europa e na Austrália. Mais de 13 mil usuários usando contentools.

19:27 – No Brasil a gente vê uma sede muito grande de adesão ao digital, nos Estados Unidos isso está mais avançado.

20:45 – “Existe uma diferença muito grande e comum do que a empresa quer divulgar e dos problemas reais do público”.

21:20 – Às vezes as empresas se frustram pois estão divulgando o conteúdo em canais ruins, onde o público não está.

 

Confira todos os nossos episódios!


Compartilhar

Comentários

comentarios