Você é responsável pela DIMOB? Veja o que não deve faltar na declaração.

Fevereiro é o mês em que as equipes das imobiliárias devem entregar a Declaração das Informações sobre as Atividades Imobiliárias, mais conhecida como DIMOB. Essa é uma declaração anual criada em 2003 e tem natureza fiscalizatória, sendo seu objetivo facilitar o cruzamento de dados dos contribuintes do Imposto de Renda (IR).

Os dados que compõem a declaração, são referentes à comercialização e locação de imóveis ocorridas no ano anterior. Essa declaração de impostos imobiliários, deve ser entregue pela internet através do site da Receita Federal. Em termos jurídicos, a DIMOB é uma obrigação acessória anual e é requerida pela Instituição Normativa 1.115.

Quem deve entregar a DIMOB?

Basicamente, devem entregar o DIMOB todas as pessoas jurídicas que realizam comércio ou intermediação do comércio de imóveis de alguma natureza. Verifique se você se encaixa nessa classificação:

  • Pessoas jurídicas que comercializaram imóveis que construíram, lotearam ou incorporaram para esse fim;
  • Pessoas jurídicas que intermediaram aquisição, alienação ou aluguel de imóveis ou realizaram sublocação de imóveis;
  • Pessoas jurídicas constituídas para construção, administração, locação ou alienação do patrimônio próprio, de seus condôminos ou sócios.

Preste atenção, pois a declaração só precisa ser entregue se a sua empresa apresentou faturamento no ano. Caso não tenha apresentado nenhum faturamento, a entrega é dispensada. Lembre-se que todo recebimento de valores deve estar suportado por uma Nota Fiscal.

DIMOB

Qual é o prazo para entregar a DIMOB?

A Receita Federal é bastante rígida em relação às datas. Se essa declaração for entregue fora do prazo, o responsável é multado em até R$1.500,00 por mês. Caso sejam encontradas informações incorretas ou omitidas, será cobrada uma multa sobre o valor das transações comerciais.

Por isso, realizar a entrega dentro do prazo é fundamental para não acumular prejuízos. A DIMOB deve ser entregue no máximo até o último dia útil de fevereiro, porém não é recomendado deixar para último dia, pois o site pode ficar congestionado.

Como preencher corretamente a DIMOB?

Existem alguns erros que devem ser evitados para que sua DIMOB seja entregue com sucesso, pois alguns equívocos podem gerar multas. Confira o que não deve ser feito na hora de preencher sua declaração:

  • Utilizar caracteres especiais ($%&´~^) nos campos de nome do locador, nome do locatário e endereço;
  • Informar somente números nos campos de nome do locador, nome do locatário e endereço;
  • CPF ou CNPJ incorreto;
  • CEP diferente do endereço informado;
  • Datas de contrato erradas ou inválidas;
  • Informar um valor diferente do negociado para os imóveis.

Essa é uma declaração que precisa ser entregue com base nas notas fiscais emitidas e informações complementares. Ela pode ser entregue por seu contador ou ser feita por você, caso sinta-se seguro ou utilize um software de gestão imobiliária, que gere a declaração sem erros, e consequentemente, evite multas.

Isso significa que suas notas fiscais devem estar controladas e arquivadas corretamente durante o ano para quando chegar o momento a declaração seja feita sem grandes dificuldades.

Como posso tornar esse processo mais simples?

A DIMOB é um documento que precisa de muita atenção ao ser elaborada, já que qualquer erro pode custar dinheiro. Porém, existem ferramentas que podem tornar essa atividade em uma tarefa muito simples.

http://superlogica.com/imobiliarias/

Por meio desse tipo de software é possível manter atualizados todos os dados referentes às suas notas fiscais. Com essas informações o sistema é capaz de montar um relatório completo com todas as informações necessárias para sua declaração. Depois, é necessário apenas importar esse arquivo para o site da receita. Mantendo seu sistema atualizado durante o ano, você não tem trabalho e nem custo nenhum para realizar sua declaração.

Quer entender mais sobre a DIMOB e não pagar nenhuma multa ao fazer sua declaração?

Fale com um Especialista em gestão administrativa e financeira para imobiliárias e saiba como fazer a DIMOB para a sua imobiliária.


Compartilhar

Comentários

comentarios