Imobiliária: Descubra 6 dicas brilhantes para fazer uma gestão financeira inteligente

Geralmente os profissionais que se destacaram no mercado de imóveis conseguem abrir sua própria imobiliária, focar no negócio e quando menos esperam, já estão aumentando a equipe. Isso significa que possuem múltiplas habilidades, como comunicação interpessoal, técnica de vendas e feeling para os negócios imobiliários.

Porém, é muito comum que profissionais com esse perfil encontrem dificuldades para garantir que a equipe realize um bom trabalho administrativo e faça uma gestão financeira imobiliária inteligente.

Pensando nisso, para que gestores e proprietários de imobiliárias não dependam apenas do conhecimento dos profissionais da sua equipe e consigam ajudar seus times a aumentar os resultados, separamos algumas dicas imperdíveis sobre o assunto.

#1 Planejamento estratégico para gestão financeira imobiliária

gestão financeira para imobiliária

Esse é um item importante para um gestor de qualquer área. Na gestão imobiliária não é diferente, realizar um planejamento inteligente é o primeiro passo para alcançar o sucesso. O planejamento nada mais é do que traçar metas e objetivos para um determinado período e elencar o que será feito para chegar lá. Por meio dele é possível prever gastos e lucros.

Por isso, com o planejamento estratégico, é possível entender como será o fluxo financeiro do período e se organizar visando o lucro e o sucesso da sua empresa. Realizar o planejamento é um ótimo começo para uma imobiliária que está evitando imprevistos e buscando trabalhar de forma profissional e lucrativa.

#2 Previsão de receitas

O mercado de imóveis é um setor que sofre muitas variações devido, principalmente, fatores econômicos. Por isso, prever uma receita, resultado ou desempenho é uma tarefa complexa. Porém, não é impossível e é muito importante para uma imobiliária ter sucesso e alcançar uma gestão financeira eficiente.

A solução para esse desafio é criar uma previsão baseada na experiência dos corretores de imóveis e manter um bom capital de giro. Essa tarefa torna-se mais simples quando você tem uma forma de consultar o faturamento de períodos anteriores, como um ERP imobiliário, e informações atualizadas sobres o mercado em que atua.

A principal função de criar uma visão de todas as receitas da sua empresa é evitar ter gastos e investimentos maiores do que o que será recebido. Isso significa

#3 Gestão da inadimplência

http://superlogica.com/imobiliarias/

Infelizmente a inadimplência é um problema que é enfrentado por todas as empresas. Esse também é um desafio para as imobiliárias, porém o planejamento estratégico e a previsão de receitas minimizam o problema, pois a empresa é menos afetada pela falta de pagamento porque se preparou para lidar com situação.

Mesmo assim, algo precisa ser feito para reduzir esse problema e regularizar o fluxo de caixa. Para isso, algumas ferramentas podem ajudar, alguns exemplos são:

  • Automatização de cobranças por meio de SMS e e-mail;

  • Emissão automática de boletos;

  • Área do locatário, que permite que o próprio cliente emita seu boleto atualizado em caso de atraso.

Realizar um bom planejamento e se organizar para enfrentar o problema da inadimplência é uma boa forma de não faltar capital na imobiliária no decorrer do ano. Contar com essas funcionalidades que citamos também pode ser uma ótima forma de minimizar prejuízos!

#4 Controle de contas a receber e a pagar

Realizar mensalmente o controle de rendimentos, ganhos e gastos é indispensável para avaliar a eficiência do planejamento estratégico e se está sendo seguido. Administrar mal o fluxo de caixa traz muitos prejuízos para imobiliárias, como perda de tempo, dinheiro e esforços.

Para isso, utilizar um sistema de gestão imobiliária pode ser uma ótima saída. Esse tipo de software permite que a sua equipe acompanhe de forma regular os números da empresa e permite a geração de relatórios detalhados com informações importantes para que você entenda em tempo real a situação financeira da imobiliária, mantendo a sua empresa organizada.

#5 Automação de processos

Talvez essa seja a dica mais valiosa para fazer uma gestão financeira imobiliária inteligente. Aumentar a produtividade da sua equipe garante um tempo maior para ser dedicado a atividades relevantes e importantes para a estratégia. Tarefas recorrentes e operacionais podem ser automatizadas, otimizando recursos humanos e financeiros da sua imobiliária. Alguns exemplos de tarefas que podem tornar-se automáticas são:

Se você deseja ser gestor de uma imobiliária organizada e eficiente, a automação de processos é fundamental para que você possa fazer isso economizando recursos. O Superlógica Imobiliárias é um exemplo de software que pode te ajudar a automatizar essas e muitas outras atividades da sua empresa. Clique aqui e conheça.

#6 Separar as finanças pessoais das finanças da imobiliária

Sabemos que o dia a dia de um proprietário de imobiliária não é fácil. Na maior parte das vezes esse profissional se divide entre as atividades de corretor, networking com clientes e a gestão da empresa. Dessa forma, não sobra muito tempo para a gestão das finanças pessoais e essa tarefa algumas vezes é atribuída ao financeiro da sua imobiliária.

Isso é algo que pode confundir a sua equipe e principalmente a área financeira da sua empresa. Para evitar esse problema é importante deixar claro para o time que os gastos pessoas deverão ser pagos a partir de um caixa diferente do da empresa, não há problema em delegar essa tarefa ao administrativo, mas é importante deixar as duas coisas bem separadas.

Com organização, uso das ferramentas certas e uma equipe focada em aumentar os resultados do seu negócio, não será uma tarefa difícil fazer uma gestão imobiliária inteligente. Esperamos que essas dicas te ajudem na gestão da sua empresa e a tornar seu negócio mais lucrativo.

Receba mais conteúdos gratuitos como esse em sua caixa de e-mail
Junte-se a mais de 1600 imobiliárias e seja o primeiro a receber as nossas novidades e dicas!


Comentários

comentarios