Formas de pagamento de aluguel que uma imobiliária deve aceitar

Com quais formas de pagamento de aluguel uma imobiliária deve trabalhar?

Ter duas ou mais formas de pagamento para escolher na hora de fechar uma compra ou um pagamento recorrente costuma ser bem recebido pelos clientes.

Além do tradicional boleto, clientes de imobiliárias que usam a plataforma Superlógica podem pagar o aluguel usando cartão de crédito.

Você sabia que essa é uma possibilidade até no pagamento mensal da locação de um imóvel?

Seja qual for a forma de pagamento principal, há outro recurso do Superlógica que traz benefícios para a imobiliária: o split de pagamento.

Para saber mais sobre os principais meios de pagamento de aluguel e entender por que o split de pagamento é necessário, siga a leitura!

Formas de pagamento de aluguel que sua imobiliária deve aceitar

Ampliar as possibilidades de pagamento aumenta a satisfação dos clientes atuais e atrai novos. Mas não se restringe a isso — é também uma maneira de reduzir a inadimplência.

Cartão de crédito

O método tradicional de pagamento de aluguel de imóveis é por boleto bancário. Por isso, a maioria dos inquilinos não está acostumada a incluir essa conta na fatura do cartão de crédito.

Benefícios não faltam. Quando o inquilino opta por pagar o aluguel no crédito, ele só precisa cadastrar os dados do cartão uma vez e, nos meses seguintes, o valor será debitado automaticamente na sua fatura.

Assim, ele não precisa perder tempo pagando o boleto a cada mês e não corre o risco de esquecer o pagamento e ter de pagar multa e juros pelo atraso.

Outra vantagem é que o pagamento do aluguel por cartão de crédito gera diversos  benefícios para quem usufrui de algum programa de pontos — que gera milhas para viajar, descontos ou cashback na compra de produtos e serviços diversos.

Para a imobiliária, a grande vantagem é a redução na taxa de inadimplência, porque o inquilino não dependerá da sua memória para pagar o aluguel em dia e terá uma alternativa para contornar imprevistos financeiros que podem surgir ao longo do mês.

Adotando mais esta forma de pagamento, a imobiliária passa a ter um fluxo de caixa mais organizado e previsível, com um percentual menor de clientes que atrasam ou deixam de fazer o pagamento do aluguel.

O sistema da Superlógica está preparado até mesmo para o caso de haver uma recusa no cartão. Nessa situação, a plataforma faz retentativas inteligentes e, se o problema persistir, são enviadas por e-mail e SMS mensagens de forma automática com o boleto bancário anexado.

Boleto bancário

Como você acabou de ler, o pagamento via cartão de crédito traz vantagens tanto para a imobiliária quanto para o cliente.

Isso não quer dizer que as cobranças por boleto devem ser esquecidas. Pelo contrário! O boleto bancário continua sendo a forma de pagamento mais utilizada nos aluguéis imobiliários, e em muitos casos é por opção do próprio inquilino.

Alguns o escolhem por segurança, já que temem compartilhar os dados de seu cartão (apesar disso, o pagamento por cartão na Superlógica é totalmente seguro, pois encaramos a segurança dos usuários com a máxima seriedade).

Há também pessoas que preferem usar um percentual pequeno do limite do cartão, reservando o restante para possíveis imprevistos ou emergências.

Por fim, há pessoas que simplesmente evitam pagamentos no crédito ou débito automático, optando por métodos ativos de pagamento, em que o dinheiro sai da conta no ato, o que facilita sua organização financeira.

Enfim, é questão de preferência e a imobiliária deve dar essa opção ao cliente.

Aliás, para as empresas, geralmente as cobranças de valores altos no boleto são vantajosas porque a taxa cobrada pela sua emissão é fixa, ao contrário da taxa cobrada pelas operadoras de cartão de crédito, que correspondem a um percentual do valor pago.

Os clientes da Superlógica, porém, têm condições especiais, pagando também uma taxa fixa, bem próxima daquela que é descontada pela emissão do boleto.

Vale mencionar também que a taxa dos boletos emitidos pela Superlógica só são pagas se o boleto for liquidado.

Ainda assim, recomendamos disponibilizar a opção de pagar o aluguel por boleto para satisfazer os inquilinos que preferem esse meio.

Como repassar os valores para os proprietários?

Depois de receber os valores dos aluguéis dos clientes, a imobiliária tem o trabalho de repassá-los — tanto o que foi pago por cartão de crédito quanto o que foi pago por boleto — aos proprietários dos imóveis.

Se isso tivesse de ser feito de forma manual, tomaria um tempo enorme dos funcionários da imobiliária e, pior ainda, a probabilidade de ocorrerem erros seria também muito grande. 

A solução para evitar esses problemas é o split de pagamento, recurso incluso na plataforma Superlógica que divide automaticamente cada  receita entre diferentes recebedores.

Assinando a plataforma, sua imobiliária estará bem servida com ferramentas de gestão financeira desenvolvidas especialmente para seu modelo de negócio.

Quer saber mais? Experimente a Superlógica!

Compartilhar

Comentários

comentarios