cultura organizacional

A importância da cultura organizacional para alavancar o negócio

Conteúdo desenvolvido pelo time da Sólides

Ter que se adaptar à velocidade das mudanças de comportamento dos profissionais e das tendências do mercado é um desafio na gestão dos negócios. Nesse sentido, uma cultura organizacional sólida é peça-chave para que os colaboradores continuem engajados e motivados com os objetivos da empresa, mesmo que eles passem por constantes transformações.

A cultura organizacional, quando bem trabalhada, ainda gera uma vantagem competitiva diante do mercado. Isso porque, quando ela define seus valores, crenças e ações, consegue atrair profissionais que compartilham dos mesmos pensamentos. 

Assim, fica mais fácil alinhá-los, resultando em um melhor desempenho, alcance dos resultados almejados e na projeção de uma marca que cumpre as promessas feitas aos seus consumidores.

Ficou interessado em saber mais sobre a importância da cultura organizacional para alavancar seu negócio? Continue a leitura e saiba mais!


O que é cultura organizacional?

O psicólogo social, referência na área de RH, Edgar Schein conceituou a cultura organizacional da seguinte forma.

“O conjunto de pressupostos básicos que um grupo inventou, descobriu ou desenvolveu ao aprender a lidar com os problemas de adaptação externa e integração interna e que funcionaram bem o suficiente para serem considerados válidos e ensinados a novos membros como a forma correta de perceber, pensar e sentir, em relação a esses problemas”.

Logo, podemos entender que o conceito de cultura organizacional nada mais é que um conjunto de hábitos, práticas, comportamentos e valores que funcionam como uma diretriz para que a organização guie o comportamento e as práticas do seu time. 

Pode-se dizer, ainda, que se trata do DNA da empresa. E essa combinação é o que conduzirá gestores e líderes nas tomadas de decisões assertivas e na elaboração de estratégias com o objetivo de extrair o potencial máximo dos seus colaboradores.

Qual a importância da cultura organizacional para alavancar o negócio?

Se você observar com atenção, perceberá que, enquanto algumas empresas se sobressaem, principalmente em momentos de crise, outras simplesmente fecham as portas. Isso acontece porque, de nada adianta contratar os melhores profissionais, oferecer uma infraestrutura de trabalho moderna e uma cultura flexível, se o ambiente organizacional for, na verdade, burocrático e o time não estiver alinhado com a cultura da empresa. 

Todo esse desalinhamento contribui para uma cultura confusa, deixando os colaboradores frustrados e desmotivados com a organização. Um estudo recente realizado pela PwC Brasil, feito com representantes de 254 empresas brasileiras, revelou: as que priorizam a cultura organizacional tendem a atrair e reter os melhores talentos do mercado.

Ainda, a mesma pesquisa, demonstrou que empresas com a cultura sólida “são mais capazes de ter uma vantagem competitiva no mercado com tendência cerca de duas vezes maior de crescer mais rapidamente e lucrar mais que a média do seu setor”. Além disso, elas têm maior probabilidade de converter suas estratégias em ações e resultados sólidos. 

Logo, quanto maior for o comprometimento dos gestores e líderes em desenvolver a cultura organizacional executando estratégias e ações que vão ao encontro dos valores da empresa. Seus liderados se sentirão inspirados e darão o seu melhor pelo time para alcançar os resultados ideais. 

Além disso, para ter uma cultura organizacional sólida, o primeiro passo é contratar profissionais que compartilhem das crenças e valores da organização. E quando o Recursos Humanos realiza a coleta e o cruzamento de dados dos candidatos em uma plataforma de RH, ele consegue realizar uma gestão comportamental eficaz, contratando, direcionando e desenvolvendo talentos que se identifiquem com a cultura da empresa. 

Dessa forma, a organização pode ser mais assertiva, melhorando a motivação, o engajamento, o clima organizacional, além de proporcionar muitos outros benefícios para colaboradores e também para o negócio.

Como identificar se a cultura da empresa está forte?

De acordo com uma pesquisa feita pela consultoria Talenses, com 184 profissionais, mais de 63% dos colaboradores sabe quando a empresa onde trabalham tem uma cultura organizacional forte. Logo, podemos concluir que esse entendimento não é de difícil percepção.

Ainda de acordo com dados do estudo, os principais indicadores de que a cultura corporativa da sua empresa pode ser forte são:

  • propostas de valores bem definidos;
  • bom engajamento;
  • taxa de retenção elevada;
  • taxa de sucessão elevada;
  • adaptação a novas tecnologias.

Claro que cada empresa tem sua individualidade, ou seja, uma cultura própria. Sendo assim, os indicadores variarão de acordo com as estratégias, do tamanho e do tipo de negócio.

Nova call to action

Quais os principais tipos de cultura organizacional existentes?

Outro teórico que é referência em cultura organizacional, Charles Handy, determinou a existência de 4 tipos de cultura organizacionais que podem existir nas empresas. Conheça-os agora!

Cultura de papéis

Nesse tipo de cultura, cada colaborador tem seu papel bem definido dentro da organização. Esse modelo é comum em companhias tradicionais, onde os processos são burocráticos e lentos. Empresas que utilizam dessa cultura organizacional dificilmente se destacam no mercado, muitas vezes por medo de ousar e perder sua essência.

Cultura das pessoas

Esse modelo de cultura é bastante positivo por alinhar gestão e cultura. Dessa forma, criatividade, trabalho em equipe, evolução e crescimento dentro da organização são estimulados. Organizações que vivem essa cultura trabalham e acreditam na gestão de pessoas por crerem que colocar as pessoas em primeiro lugar é primordial para alavancar o negócio.

Cultura do poder

Essa cultura tem sido cultivada, principalmente, em pequenas empresas, onde a gestão é bastante centralizada. Mesmo parecendo ultrapassada, a cultura do poder é uma das mais adotadas pelas empresas atualmente.

Nesse sentido, seu foco se resume na entrega de resultados, o que pode ser bem desgastante para o colaborador, por não incentivar o trabalho em equipe, aumentando a competitividade entre os colegas de time. 

Cultura de tarefas

Já essa modalidade se baseia na contratação de profissionais que tenham bastante conhecimento e especialização nas suas áreas de atuação, pelo fato de focar na realização de tarefas com efetividade. Ainda, tende a trazer muitos benefícios aos colaboradores, por ser flexível e valorizar a criatividade na resolução dos desafios da rotina empresarial.

Conclusão

Por fim, vale ressaltar que, organizações que vivenciam uma cultura de tarefas tendem a realizar constantemente avaliações de desempenho. Assim, conseguem coletar dados sólidos e fornecer aos seus colaboradores um profundo autoconhecimento e retorno sobre o desempenho de suas tarefas, possibilitando melhorias constantes. 

A cultura organizacional está presente em todas as empresas, independente do seu tamanho. Assim, cabe ao RH, juntamente com gestores e líderes, utilizar desses valores, alinhando-os com o time de uma forma que também vá ao encontro das expectativas pessoais e profissionais de cada colaborador. 

Dessa forma, a organização proporcionará uma excelente experiência aos seus profissionais, gerando equipes de alta performance e resultados incríveis em sua cultura organizacional!

E se você quer entender melhor sobre a relevância de contratar o profissional certo para a vaga certa, não deixe também de acessar o conteúdo sobre a importância do Teste de Fit cultural e como aplicá-lo!

Sobre a Sólides

Este conteúdo foi desenvolvido originalmente pelo time da Sólides, empresa que oferece plataforma completa de Gestão de Talentos com People Analytics e Gestão Comportamental.

Sobre a Superlógica

A Superlógica desenvolve o software de gestão líder do mercado brasileiro para empresas de serviço recorrente. Somos referência em economia da recorrência e atuamos nos mercados de SaaS e Assinaturas, Condomínios e Imobiliárias.

Banner dizendo, Acesse os conteúdos gravados do Superlógica Next 2020

Compartilhar

Comentários

comentarios