integração de novos colaboradores

Como fazer a integração de novos colaboradores a distância?

Com a pandemia do coronavírus, empresas de todas as áreas tiveram que repensar alguns de seus processos. Um deles é a integração de novos colaboradores, chamada no meio das startups de onboarding.

A importância do onboarding e o que muda nele com o home office foram os temas discutidos no painel Onboarding remoto, realizado em 12 de agosto, na primeira edição da programação do Superlógica Next Live 2020.


Você verá neste artigo:


O que significa onboarding?

Onboarding é um processo estruturado para receber um novo colaborador e integrá-lo à empresa. Em inglês, onboarding quer dizer “embarcando”, aproveitando a metáfora que compara uma startup a uma nave, que tem o objetivo de decolar.

O onboarding não é realizado apenas no primeiro dia: conforme o tamanho da empresa e complexidade do negócio, o ideal é que ele seja dividido em partes, para que o novo funcionário vá conhecendo cada parte da organização aos poucos.

Para que serve a integração de novos funcionários?

O onboarding ajuda o novo integrante da equipe a se sentir acolhido e bem recebido, mas seu principal objetivo é fazer com que ele comece a sentir a cultura da empresa e seu jeito de fazer as coisas desde o primeiro dia de trabalho.

“É a etapa mais importante para propagar a cultura. Se a empresa está crescendo bastante, por exemplo, como que você vai propagar a cultura nesse novo contexto? O segredo é o onboarding, o processo de integração”, disse Emerson Rodrigues, head de Cultura Corporativa do Grupo Superlógica, um dos participantes do painel.

→ Clique aqui para entender com profundidade como funciona o recrutamento, seleção e onboarding a distância!

Como fazer a integração de novos colaboradores na pandemia?

Conduzir o processo de integração de novos funcionários sem encontros presenciais é um desafio, porque fica mais difícil acolher sem um aperto de mão, um abraço e olho no olho.

Para Rodrigues, o que facilitou essa transição é o fato de o Grupo Superlógica ter um onboarding em melhoria contínua. “Captamos a percepção dos colaboradores e revalidamos as dinâmicas, para saber se elas estão gerando o resultado que a gente quer. O onboarding de hoje é melhor que o do mês passado, não tenho dúvida”, contou.

Karine Gaia, gerente de marketing do Convenia, um software de gestão de recursos humanos, também participou do painel, e lembrou que a experiência do colaborador começa antes do trabalho de fato.

“Ela começa no recrutamento e seleção e vem se estendendo. Então é preciso ter uma boa ferramenta de admissão online e planejar bem o fornecimento de materiais e acessos para o colaborador trabalhar na sua casa”, explicou. Depois, Karine recomenda que seja construída uma agenda e uma lista de tarefas para que ele já saiba por onde começar.

Por fim, a gerente de marketing do Convenia recomenda que uma estratégia usada no presencial seja mantida no remoto: o buddy, um colega encarregado de convidar o novo colaborador para almoçar com a equipe no primeiro dia, apresentar as pessoas e esclarecer dúvidas. “No online é um pouco diferente, mas o buddy também pode existir, é super legal para deixar a pessoa confortável”, concluiu.

A programação do Superlógica Next 2020 segue com mais palestras e painéis abordando a digitalização das empresas e o trabalho remoto. Acesse o site do evento, confira as próximas lives e inscreva-se.

Nova call to action

Qual é a situação das admissões e desligamentos no Brasil?

Um questionamento que pode vir à mente é: preciso me preocupar com onboarding mesmo com as incertezas causadas na pandemia?

Realmente, houve um impacto nas contratações e desligamentos de funcionários. No entanto, a situação dos empregos formais já está se revertendo, como revelam os dados mais atuais do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED).

O número de admissões apresentava um bom crescimento nos dois primeiros meses de 2020. No entanto, devido à COVID-19, o total caiu vertiginosamente entre março e a abril, de cerca 1.4 milhão admissões para pouco mais do que 635 mil.

Ao mesmo tempo, os desligamentos de colaboradores viram o movimento contrário, subindo de 1.3 milhão em fevereiro, para 1.6 milhão e 1.5 milhão, em março e abril respectivamente.

Nos meses seguintes, entretanto, houve uma recuperação gradual. Em, julho as admissões já haviam subido para cerca de 1 milhão e os desligamentos caíram para 912 mil. As demissões, por sinal, alcançaram patamares menores do que os registrados no mesmo período de 2019.

No setor de atividades imobiliárias, especificamente, a recuperação também foi perceptível. O saldo de empregos, que estava negativo entre março e junho, voltou a ficar positivo em julho, com 665 de diferença entre admissões e desligamentos.


Como entra o onboarding de funcionários nessa história?

Essa recuperação lenta e gradual pode ser atribuída a uma série de fatores: leis e incentivos do governo, a reabertura das atividades em algumas regiões e até a prosperidade de alguns negócios que abraçaram oportunidades durante a pandemia.

Um deles, entretanto tem relação direta com contratações. Muitas empresas precisaram de tempo para se acostumar com as atividades à distância. Precisou-se aderir às ferramentas certas e adaptar métodos e colaboradores aos novos processos.

O resultado foi que muitas enxergaram a possibilidade de atuar até com mais eficiência no modelo remoto. Ainda que uma grande parte pretenda voltar ao escritório físico, abriu-se uma oportunidade, o trabalho remoto híbrido.

Dessa forma, recrutamento e contratações não têm mais as barreiras geográficas. Imobiliárias e administradoras de condomínios podem contar com profissionais competentes de qualquer lugar do Brasil.

Mas para isso, é importante ter um processo de integração de colaboradores muito bem definido e flexível. Aculturá-los e ensiná-los com agilidade aumentará as chances do novo funcionário corresponder às expectativas do processo seletivo.

Nova call to action

Sobre a Superlógica

A Superlógica desenvolve o software de gestão líder do mercado brasileiro para empresas de serviço recorrente. Somos referência em economia da recorrência e atuamos nos mercados de SaaS e Assinaturas, Condomínios e Imobiliárias.

Compartilhar

Comentários

comentarios