4 estratégias de Marketing Digital para empresas SaaS

Montar um plano de negócios que tem como base o pagamento recorrente apresenta muitas vantagens, tanto que boa parte dos novos negócios resolveram investir no modelo.

A prática da recorrência começou com sistemas digitais. Não à toa, recebeu o nome de SaaS (Software as a Service), que significa Software como Serviço.

O conceito do SaaS é tão interessante que se expandiu para outras áreas. Até produtos que ninguém imaginaria comprar por assinatura hoje fazem sucesso — tem empresa vendendo toalhas, frutas, bebidas, artigos da cultura pop e por aí vai.

O desafio da recorrência é que, para realmente dar lucro, é importante não apenas atrair clientes, mas também retê-los pelo máximo de tempo possível.

Pensando nisso, listamos algumas das principais estratégias de marketing digital que uma empresa SaaS pode realizar para conseguir exatamente isso. Veja quais são!

1. Marketing de conteúdo

Hoje em dia, não dá para falar em marketing digital sem pensar em produção de conteúdo, pois é nisso que se baseia toda a geração de valor para o público, desde o primeiro contato até o fechamento da venda (na verdade, até depois disso).

Pensando nisso, o marketing de conteúdo figura como a primeira estratégia que você precisa executar, sem falta e com o nível de qualidade mais elevado possível.

Mas o que está envolvido em uma estratégia de marketing de conteúdo, afinal? Aqui estão os principais elementos:

Blog

O blog é a peça central de uma estratégia de marketing de conteúdo, por vários motivos. Em primeiro lugar, é o canal exclusivo da sua marca, sobre o qual você tem total controle.

Isso quer dizer que você pode projetar o design e a experiência do usuário para aumentar as conversões e ajudar o público a consumir o seu conteúdo da melhor forma possível.

Quanto maior o valor gerado, mais rápido vai ganhar a confiança dos leitores, que aos poucos podem se tornar leads e, por fim, clientes.

Para te convencer de vez sobre a importância do blog: vamos falar a seguir sobre materiais ricos, vídeos, redes sociais e e-mail marketing. Todos eles estão diretamente ligados ao blog corporativo.

Materiais ricos

Você provavelmente já viu empresas SaaS usando e-books, whitepapers ou ferramentas úteis para gerar leads e conseguir trials.

Esse tipo de conteúdo, mais denso e elaborado que um blogpost, é conhecido como material rico.

O valor de peças desse tipo para qualificar e acelerar o processo de marketing e vendas para empresas SaaS é enorme, quer seu modelo de negócio seja self-service ou conte com uma equipe de vendas.

Vídeos

Quantos vídeos você assiste por dia, quer para se manter atualizado com o mercado ou descontrair nos momentos de folga? As pessoas consomem cada vez mais conteúdo nesse formato, e isso não deve passar despercebido.

São muitos caminhos diferentes a seguir quando se fala em vídeo marketing como parte da estratégia de conteúdo. Por exemplo:

  1. criar um programa periódico (diário, semanal, mensal);
  2. fazer transmissões ao vivo, seja no blog ou nas redes sociais;
  3. criar vídeos animados para complementar posts em formato escrito;
  4. entre outras alternativas.

Nova call to action

Redes sociais

As redes sociais vieram para ficar, e representam hoje um mercado gigantesco para empresas que desejam se conectar de forma mais profunda e eficaz com seus atuais e prospectivos clientes.

Só para falar da maior rede, o Facebook, já são mais de 2 bilhões de usuários ativos todo mês!

Ainda temos Instagram, Twitter, LinkedIn e muitas outras, cada uma com ferramentas e recursos próprios para ajudar a sua marca a produzir e promover conteúdo mais relevante.

E-mail marketing

Se, por um lado, falamos sobre a relevância de ter um canal exclusivo como o blog, não podemos nos esquecer de mencionar o e-mail marketing.

É como se o blog fosse a casa da sua marca, e a persona faz uma visita a você toda vez que quiser ver um conteúdo novo. Nesse cenário, é como se o e-mail fosse a casa da persona.

Ao enviar seus posts e materiais ricos por e-mail, é como se entregasse o conteúdo fresquinho diretamente na porta da pessoa, sem que ela precise fazer o menor esforço para consumi-lo.

Não à toa, mais de 96% das empresas que usam o e-mail marketing acreditam na sua eficácia entre as estratégias de marketing digital.

2. SEO

Grande parte do tráfego orgânico das empresas vem por meio dos sites de busca, como o Google.

O papel do SEO (Search Engine Optimization), que significa otimização para mecanismos de busca, ajuda seu site a ser encontrado por eles com maior facilidade.

Ao que você precisa dar atenção na hora de formar e executar uma estratégia de SEO para o seu negócio SaaS? No mínimo, aos 2 aspectos abaixo:

On Page e Off Page

As ações de SEO podem ser divididas em dois grupos: On e Off Page.

Enquanto o Off Page trata mais dos backlinks recebidos de outros blogs, o SEO On Page se refere a todo tipo de otimização que está dentro do seu alcance.

É tudo aquilo que você mesmo (ou algum profissional contratado) pode fazer no site para facilitar a vida dos buscadores e, consequentemente, ser priorizado por eles no rankeamento.

Isso inclui elementos pequenos e grandes, e vai desde a organização e a forma como o código do site é estruturado até o uso da palavra-chave em um artigo.

Basicamente, o SEO On Page é uma lista do que você deve fazer para se dar bem com o Google, e engloba design, desenvolvimento e o conteúdo, propriamente dito.

Cauda longa

Um bom planejamento de palavras-chave é vital para que a estratégia de SEO funcione e as pessoas certas encontrem o seu conteúdo.

Aí surge um problema: muitas dessas palavras são concorridas demais, normalmente por serem termos generalistas, que podem representar uma série de assuntos.

Vamos usar esse artigo como exemplo. A palavra-chave “marketing digital” é bem genérica.

Se alguém pesquisar por ela, qual é a intenção da busca: achar um curso na área? Contratar uma empresa especializada? Buscar uma vaga de trabalho? É difícil saber!

Por outro lado, a palavra-chave “estratégias de marketing para empresas SaaS” é bem mais específica, menos concorrida, e tem mais chances de satisfazer exatamente a intenção de busca do usuário.

As expressões genéricas são conhecidas como “head tail”, enquanto as mais específicas são as “long tail”, ou cauda longa.

Priorize essas expressões em sua estratégia de conteúdo. O volume de buscas é muito menor, mas vai ser mais fácil rankear para várias expressões e ganhar um tráfego interessante em menos tempo.

3. Encantamento dos clientes

Grande parte do sucesso de um SaaS envolve a retenção dos clientes conquistados.

Além disso, um bom processo de encantamento pode gerar novas vendas. Por isso, veja 2 processos principais para ficar de olho dentro desse tópico:

Experiência do usuário

A experiência do usuário é crucial para gerar interesse no seu produto SaaS. Sem isso, ninguém vai sequer ter vontade de usar seu produto. É por isso que já comentamos sobre isso lá no início, ao falar do blog corporativo.

Depois de conseguir um trial ou mesmo fechar a venda, ela vai ser mais importante ainda para evitar o churn. Então, não pense que o design se resume a ter um site bonito, a experiência como um todo é fundamental.

Customer Success

O Customer Success, ou Sucesso do Cliente, já se tornou realidade em startups e grandes empresas, pois tem um valor impressionante para as estratégias de marketing e vendas.

Em vez de esperar o cliente ter um problema e contatar o suporte, a ideia do Customer Success é adotar uma atitude proativa e ajudá-lo a ter ótimos resultados com o produto.

Enquanto os clientes forem bem-sucedidos usando seu software, que motivos terão para cancelar a assinatura?

4. Parcerias

Ninguém faz nada sozinho, então não podíamos deixar de falar sobre o quanto é importante fazer boas parcerias, que te ajudem a conquistar seus objetivos e bater metas o quanto antes.

As alternativas a seguir podem ser mostrar muito lucrativas. Veja como colocá-las em prática:

Co-marketing

Usar o co-marketing é uma maneira de conseguir o dobro de resultados pela metade do investimento.

Empresas SaaS, especialmente até atingir o ponto de equilíbrio, precisam otimizar ao máximo os custos, e contar com uma tática de ótimo custo-benefício como essa é, sem dúvida, o melhor modo de conseguir isso.

A proposta é simples: encontre um parceiro que fale com o mesmo público (sem ser concorrente direto), crie um conteúdo ou material rico em parceria e divulgue para a audiência dos dois, compartilhando os resultados no fim.

Influenciadores

Influenciadores têm grande impacto sobre segmentos inteiros de mercado. Imagine que um (ou mais) dos influenciadores que afetam o seu nicho de atuação ajudassem a “soprar os ventos” a seu favor.

Existe um processo para encontrar, interagir e negociar com influenciadores, mas é certamente uma tática que vale a pena, desde que seja aplicada da forma certa e com o objetivo de gerar valor para o público.

Há muitas estratégias de marketing digital para ajudar uma empresa SaaS a prosperar e se consolidar no mercado. O que fizemos aqui foi só apresentar as melhores opções a você. Agora é sua vez de aprender o máximo possível sobre elas e colocar tudo isso em prática para elevar o impacto do seu negócio!

O que achou do nosso conteúdo? Continue aprendendo com nosso post sobre Inbound Marketing!

Conteúdo produzido pela equipe da Rock Content, uma das patrocinadoras do Superlógica Xperience 2018


Compartilhar

Comentários

comentarios